Meio Bit » Baú » Games » >Adr1ft, o game de Adam Orth inspirado em suas próprias presepadas

>Adr1ft, o game de Adam Orth inspirado em suas próprias presepadas

Adam Orth, ex-diretor criativo da Microsoft que defendia o ping diário do Xbox One resurge com >Adrift, game inspirado em sua própria história recente

11/02/2014 às 17:30

adam-orth-adrift

Vocês se lembram de Adam Orth? Caso alguém não se recorde do nome, ele era diretor criativo da Microsoft Studios na época do anúncio do Xbox One no ano passado. Quando se tornou público o fato que o console teria várias restrições, sendo a principal e mais controversa o fato dele executar um ping diário que obrigaria o console a sempre estar conectado, a chiadeira foi geral. Orth então, no alto de sua sapiência disparou uma série de mensagens irônicas no Twitter em resposta a Manveer Heir, designer de jogabilidade da BioWare.

Na ocasião Heir questionava se a Microsoft não havia aprendido com os erros de SimCity e Starcraft II, ao que Orth respondeu dizendo que praticamente tudo hoje em dia está conectado o tempo todo, e que deixar de compra um Xbox One por esse motivo seria o mesmo que não comprar uma TV porque falta energia às vezes, entreoutras comparações. E por fim ele deu a mensagem mais atravessada que poderia a todos: "Deal with it".

Todos vimos o que se seguiu: as restrições caíram e Orth ganhou um belo pé na bunda da Microsoft. Agora, alguns meses depois do ocorrido e tendo a poeira baixado Orth ressurge com seu projeto próprio, o game chamado >Adr1ft que segundo ele é um espelho de tudo o que ele passou após ter falado demais, para o bem e para o mal.

A princípio nada no game, prometido para ser lançado em maio para PC, PS4 e Xbox One teria alguma ligação com o drama pesoal de Orth. Trata-se de um jogo em primeira pessoa sem violência, em que o jogador assume o papel de um astronauta à deriva no espaço, tentado reparar uma estação espacial caindo aos pedaços, que está assim vítima de uma calamidade não especificada. Para Orth o game é uma combinação dos elementos de puzzle e exploração vistos em clássicos como Half-Life e Journey, além de claro, ter sido diretamente inspirado pelo filme Gravity, de Alfonso Cuarón.

adam-orth-adrift-001

adam-orth-adrift-002

O evento que desencadeou a destruição da estação espacial e a tentativa de repará-la por parte do astronauta são, sob os olhos de Orth a representação da situação em que ele mesmo se envolveu e sua tentativa de consertar as coisas, ou como disse: "a maneira que escolhi para 'lidar com isso'", parafraseando a si próprio.

Apesar de ser por enquanto apenas um demo de dez minutos (Orth está correndo para financiar seu título), o pouco mostrado de >Adr1ft foi o suficiente para empolgar o repórter que o jogou. Se isso será o suficiente para convencer os jogadores e principalmente engolirem o ex-boca aberta após toda a palhaçada que ele promoveu em 2013, só o tempo dirá.

Fonte: Kotaku.

Leia mais sobre: , , , , , .

relacionados


Comentários