Meio Bit » Arquivos » Games » Financiamento do Star Citizen chega a US$ 38 milhões

Financiamento do Star Citizen chega a US$ 38 milhões

Novo projeto de Chris Roberts impressiona por grandiosidade e seu financiamento coletivo já chegou a marca de US$ 38 milhões arrecadados.

07/02/2014 às 13:00

star-citizen

Há cinco meses (setembro de 2013), a Cloud Imperium Games anunciou que a campanha de financiamento coletivo do Star Citizen havia alcançado impressionantes US$ 18 milhões, e de lá pra cá, eles conseguiram mais do que dobrar a arrecadação, com o projeto ultrapassando a marca de US$ 38 milhões e se tornando o mais bem sucedido da indústria neste aspecto.

Graças a este novo patamar, o game designer Chris Roberts anunciou que o simulador espacial receberá a adição do Cano System, um conjunto de quatro planetas, sendo que um deles se parecerá com a Terra e será habitado por humanos, o Carteyna. Formado em sua maioria por água, o lugar terá uma grande quantidade de gelo em um dos seus hemisférios que não é iluminado pelo sol. Outra característica do planeta Carteyna é que no fundo do seu oceano existem formas de vidas microscópicas, o que gerou uma enorme discussão em relação a tentativa de terraformar o planeta.

Agora o projeto deu início a uma votação para que os jogadores escolham qual será a próxima novidade de Star Citizen, caso o projeto ultrapasse a casa de US$ 39 milhões, o que convenhamos, é apenas uma questão de tempo. Entre as opções temos o Kabal System, que a princípio imaginava-se ser inabitado, mas que após uma busca, descobriu-se que um dos seus planetas possui uma colônia misteriosamente abandonada; ou o Oretani System, onde um grupo de colonizadores ficou anos desaparecidos e apesar de muitos acharem que aquelas pessoas morreram, não se sabe ao certo que fim levaram.

Como pode ver, um dos destaques do game é o rico universo que está sendo prometido, e isso explica tantas pessoas estarem investindo seu dinheiro em algo que por enquanto não passa de uma (enorme) promessa. Se o Star Citizen realmente conseguir entregar tudo o que está previsto, existe uma grande chance de estarmos falando de um dos maiores (e melhores) jogos já criados, mas até que o seu lançamento finalmente aconteça, o que está programado apenas para o ano que vem, na minha opinião o game continuará sendo apenas isso, algo muito promissor.

Penso assim porque, embora quase todos nós - apaixonados por videogames - adoramos qualquer coisa relacionada a ficção cientifica e a possibilidade de explorarmos um enorme espaço, sabemos também que esta indústria está cheia de promessas espetaculares que nunca são cumpridas e embora Roberts sempre será lembrado como o pai da série Wing Commander, ele esteve afastado da indústria durante anos, e entregar algo tão grandioso nunca é uma tarefa fácil.

Fonte: Polygon.

relacionados


Comentários