Meio Bit » Baú » Games » Dark Souls 2 e a busca pelo equilíbrio entre dificuldade e recompensa

Dark Souls 2 e a busca pelo equilíbrio entre dificuldade e recompensa

Diretor fala sobre como o Dark Souls II promete trazer a mesma dificuldade de sempre, mas ser o mais acessível possível para assim conquistar novos jogadores.

05/02/2014 às 13:00

dark-souls-2

Há uma consenso entre os fãs das séries Demon's Souls/Dark Souls de que quanto mais dificuldade, melhor, mas com o Dark Souls 2 prestes a ser lançado e um custo de produção muito superior ao anterior, um dos maiores desafios para o pessoal da From Software é fazer com que o game seja acessível, sem desagradar os masoquistas e ao ser questionado sobre como pretendem fazer isso, o diretor Yui Tanimura deu a seguinte resposta:

O Dark Souls 2 focará em simplificar a experiência de jogo para retratar mais diretamente a pura essência da experiência do Dark Souls. Isso inclui elementos como um forte senso de conquista ao ultrapassar os desafios do jogo e também a ‘vaga’ conexão que os jogadores tem com outros jogadores no espaço online. Nosso objetivo é realmente focar em ter os jogadores imersos no mundo e assumindo plenamente seus papéis na experiência de jogo.

Nosso objetivo não é desenvolver um jogo difícil, mas ajustar a dificuldade a um nível para que os jogadores possam superá-la e ter a mais alta sensação de conquista possível. Para isso a inteligência artificial precisa ser ajustada para reagir mais naturalmente às ações do jogador, mas ao mesmo tempo, o controle e os movimentos precisam ser mais naturais e se encaixar às ações realizadas.

Tanimura disse também que a dificuldade não será baseada no reflexo do jogador, mas na sua habilidade em aprender com seus erros e na sua flexibilidade em criar novas estratégias, o obrigando a prestar muita atenção em tudo o que está acontecendo à sua volta.

Mas o que achei mais interessante na declaração foi ele ter tocado em dois pontos que considero os pilares da franquia, que é a maneira como ela é capaz de nos fazer imergir no mundo criado por eles, nos fazendo temer cada passo dado e o fator que realmente nos faz sofrer tanto no game, que é a sensação de sermos os maiores do mundo apenas por conseguir avançar mais alguns metros em alguma fase.

Fonte: PCGamer.

relacionados


Comentários