Meio Bit » Baú » Internet » OneDrive da Microsoft terá que mudar de nome outra vez?

OneDrive da Microsoft terá que mudar de nome outra vez?

De novo? One.com estuda processar a Microsoft, que renomeou SkyDrive para OneDrive e cujo nome é parecido com seu próprio serviço de armazenamento na nuvem

01/02/2014 às 11:10

microsoft-onedrive

A Microsoft definitivamente não está com sorte. Ela teve a infeliz decisão de chamar o seu serviço de armazenamento na nuvem de SkyDrive, o que desagradou o conglomerado de mídia Sky Broadcasting Group (ou Sky, para simplificar), levando a uma disputa judicial pelo direito ao nome. Como era de se esperar, a Microsoft perdeu a ação e o direito de continuar utilizando o nome, sendo obrigada a mudá-lo recentemente para OneDrive.

Porém entretanto todavia, pelo visto o departamento de RH não se dá ao trabalho de cinco minutos de internet para pesquisar se alguma empresa possui um nome igual, levemente parecido ou forneça serviços semelhantes para evitar novos problemas, e chega a ser engraçado que o fato de que o caso está se repetindo: a One.com, uma empresa de hospedagem está estudando a possibilidade de levar a Microsoft de volta aos tribunais pelo mesmo problema.

Segundo o diretor de operações da One.com Thomas Medard Frederiksen, a empresa está dialogando com especialistas em marcas pois o nome OneDrive é muito semelhante ao de seu próprio serviço de armazenamento em nuvem, que se chama... Cloud Drive. Frederiksen vai além, acreditando que o nome OneDrive pode se associar à combinação de One.com com Cloud Drive, o que para ela seria nocivo pois a Microsoft poderia desviar uma parcela significativa de seus clientes:

Foi uma grande surpresa descobrir que a Microsoft decidiu nomear seu serviço de armazenamento na nuvem de OneDrive. Para mim é importante proteger o nome de nossa companhia. Eu esperava que a Microsoft conduziria uma pesquisa mais apurada antes de revelar seu (do serviço) novo nome. Afinal, eles estão entre os grandes players do mercado.

A Microsoft não comentou o assunto, mas considerando que a One.com detém o nome há mais tempo e possui um serviço muito semelhante, no caso de litígio é muito improvável que Redmond saia dessa disputa por cima, e ver uma grande empresa mudar o nome de seu produto DUAS VEZES por incompetência ao usar o Bing para fazer uma simples pesquisa na internet será hilário.

Fonte: NW.

relacionados


Comentários