Meio Bit » Baú » Games » Quem não se comportar em Killer Instinct irá para a cadeia virtual

Quem não se comportar em Killer Instinct irá para a cadeia virtual

Futuro update de Killer Instinct colocará quem der ragequit além da conta numa cadeia virtual por até cinco dias

31/01/2014 às 17:30

image

Não é de hoje que a Microsoft promete que faria uma revisão no sistema de reputação da Xbox Live. No ano passado ela deu detalhes de como funcionaria o sistema em seu novo console, o que deixou os trolls, ragequitters e mal educados em geral bem preocupados.

Resumindo a história, a ideia é de que os gamers possam escolher outros jogadores de acordo com suas preferências e comportamento, o que poderia representar uma pré-seleção dos trolls, que seriam aos poucos relegados a uma espécie de campo de concentração, podendo jogar apenas com outros tão chatos quanto eles próprios.

Entretanto, ao que tudo indica a Microsoft vai ao menos em um game instalar uma triagem automática: o modo Free-to-Play de Killer Instinct. A desenvolvedora Double Helix vai soltar em breve um update que punirá jogadores com alta taxa de ragequits: se em dez lutas um jogador rabeado tiver uma porcentagem superior a 15% de desistências de lutas! ele será automaticamente "preso" numa espécie de gulag virtual com outros infratores. Durante 24 horas eles só poderão jogar entre si, sendo impedidos de lutar contra quem se comporta direitinho. Se o troll voltar a sair da linha ele voltará a ser enjaulado com um aumento da pena em um dia, até o limite de cinco dias.

O patch ainda não tem data de lançamento, mas será liberado junto com a adição do lutador Spinal, em breve. Isso mostra que tanto a Microsoft quanto as desenvolvedores não mais tolerarão jogadores que agem como imbecis ou que não sabem perder, prejudicando a experiência dos que só querem se divertir.

Fonte: GS.

relacionados


Comentários