Meio Bit » Baú » Hardware » Designer “cria” sapato detector de minas. Mas não são todos?

Designer “cria” sapato detector de minas. Mas não são todos?

Outro dia, outra idéia JENEAL de designer. Desta vez um detector de minas terrestres antipessoal instalado em um… sapato. É, pela lógica do cidadão você (você, eu não!) vai andar em um campo minado e usar a própria patinha como detector de minas.

28/01/2014 às 11:50

Minesweeper

Minas terrestres são armas cruelmente eficientes. Você não precisa NEM que elas existam, basta espalhar avisos de campo minado e já complica a vida do inimigo. Infelizmente elas existem e continuam existindo e funcionando décadas depois dos conflitos que as instalaram. Países como Angola e Afeganistão sofrem com mutilações causadas por essas armas.

Por isso há esforços mundiais para erradicar o uso de minas E projetos de tecnologias para detectar e eliminar as existentes, como a idéia genialmente simples deste McGyver afegão.

Do outro lado temos… designers.

Desta vez um colombiano. Seguindo a prática de resolver os problemas do mundo via Photoshop e 3D Studio, o sujeito idealizou um detector de minas instalado em… um sapato. E como bom designer, ignorou TODA a tecnologia envolvida, a função dele é criar desenhos bonitos de vidros de remédios e dizer “ei, encontrei a cura do câncer”.

save-one-life-2

Segundo a ONU uma mina terrestre custa alguns dólares para ser produzida e MIL dólares para ser detectada e desarmada. Envolve especialistas, equipamentos, logística. Claro, a ONU é burra e esperto é o designer que colocou tudo no sapato.

Problemas:

1 - Se há a MENOR suspeita de que um terreno é minado, você (se você não se chamar Josef Stalin, claro) NÃO MANDA SOLDADOS PARA AQUELE TERRENO. Imagine a cena, o sujeito andando, dá um passo e quando vai encostar o pé no chão, o detector apita. Grande ajuda.

2 - A quantidade de alarmes falsos tornaria inviável andar por qualquer lugar que não fosse mata virgem. Latas, moedas, parafusos, celulares Android enterrados e n outros objetos afetariam o detector.

3 - O principal problema é que minas terrestres modernas quase não contém metal, e os existentes são não-ferrosos, não acionam os detectores magnéticos. E por modernas quero dizer minas feitas depois de 1950. Algumas contém menos de 1 g de metal. Outras nem isso. Você confiaria sua vida num sapato que identifica somente um subconjunto das ameaças existentes?

Como disse um dos comentaristas do GizMag: colocar um detector de minas em um sapato equivale a detectar gás riscando um fósforo.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários