Meio Bit » Arquivos » Robótica e IA » Google adquire startup de inteligência artificial DeepMind

Google adquire startup de inteligência artificial DeepMind

DeepMind, segundo seu site, é uma empresa especializada em inteligência artificial, mais especificamente na criação de algoritmos de aprendizado de uso geral. Trocando em miúdos: máquinas capazes de aprender.

27/01/2014 às 19:01

DeepMind

O Natal já passou há horas, mas o impulso consumista do Google não dá sinais de que irá parar tão cedo. Senão vejamos, apenas do segundo semestre de 2013 para cá entram na lista Bump, Boston Dynamics e Bitspin. Se eu for listar tudo que o Google comprou nos últimos anos, esse artigo se transforma em uma lista de links e não sobra espaço para o assunto principal, a aquisição, confirmada no final-de-semana, da DeepMind.

DeepMind, segundo seu site, é uma empresa especializada em inteligência artificial, mais especificamente na criação de algoritmos de aprendizado de uso geral.

Trocando em miúdos: máquinas capazes de aprender.

Comparado aos negócios recentes da empresa, esse foi uma pechincha, especula-se que entre 400 e 500 milhões de dólares. O Facebook também estava interessado na startup ano passado, mas parece que saiu da corrida.

A DeepMind, baseada em Londres, foi fundada pelo neurocientista Demis Hassabis, pelo desenvolvedor do Kazaa (pergunte para seu pai) e do Skype Jaan Tallin e pelo pesquisador Shane Legg.

Esse povo se junta a Ray Kurzweil, incensado especialista em inteligência artificial que foi contratado pelo Google em 2012, com o objetivo de transformar o serviço de busca em um “amigo cibernético”.

A DeepMind começou sem muito barulho, mas já recebeu 50 milhões de dólares de investimento e conta com mais de 50 funcionários. Os investimentos, por sinal, vem de uma lista de bilionários famosos. Segundo Larry Wasserman, “a startup está tentando criar um sistema que pensa”.

Um exercício curioso é listar as compras recentes do Google:

Nest = que fabrica detectores de fumaça e termostatos inteligentes.

Boston Dynamics, que fabrica máquinas da destruição robôs.

Somando-se a isso a DeepMind…

Podemos ser otimistas e esperar por isso:

Hot Cylons, alguém?

Ou…

T 1000

Uma coisa é certa: resistance is futile.

Fonte: Recode.

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários