Meio Bit » Baú » Indústria » Agora vai: Ford une forças com o MIT e Stanford University para criar carros direção autônoma

Agora vai: Ford une forças com o MIT e Stanford University para criar carros direção autônoma

Ford, MIT e Stanford unem forças para pesquisarem juntas maneiras de fabricar carros de direção autônoma, com inteligência suficiente para seguir trajetos, desviar de obstáculos e evitar acidentes, da forma mais segura possível.

22/01/2014 às 16:20

ford-fusion-hybrid-automated

Em dezembro do ano passado a Ford tinha anunciado uma pesquisa com carros híbridos de direção autônoma, da linha do Fusion. Sabemos que esse é um campo com pesquisas que vão demorar anos para trazer um produto comercialmente viável, mas como fã de ficção científica e amante da tecnlogia, isso muito me agrada.

Hoje a empresa americana publicou através de um comunicado de imprensa que juntou forças com ninguém menos que o MIT e a Stanford University para prosseguir com esse tipo de pesquisa.

cq5dam.web.480.480

Aliás, não basta a Ford buscar o uso de tecnologias assim há bastante tempo, como quando ela mostrou utilizar robôs para guiarem seus carros em testes de resistência.

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=Dq7nNC8JbAo?rel=0&w=640&h=360]

Essa nova parceria com os dois renomados institutos vai estudar novas maneiras de fazer com que os carros antecipem colisões de forma 100% segura, sigam trajetos pré-estabelecidos, mas sejam capazes de, por si só, desviarem de obstáculos, como prever movimentos de pedestres e de outros veículos.

A exemplo do que já acontece com outros veículos de outras montadoras, os novos carros da Ford que serão produzidos dentro deste experimento também vão utilizar sensores que podem até "enxergar" à frente de grandes veículos na estrada, ou coisas que bloqueiem a visão do motorista.

self-driving-cars-circa-1958

Como eu disse, pode ser que tenhamos que esperar anos antes de ver um carro completamente autônomo sendo vendido para o consumidor final, mas é certo que uma parceria com o MIT e com a Stanford vai acelerar esse processo e dar muito mais qualidade e segurança à inteligência embarcada nestes protótipos.

Lembrando que a Nissan chegou a dizer que esse tipo de veículo passará a ser comercializado em 2020. Você acredita nessa previsão? Eu duvido. Mas, vamos aguardar.

Agora eu pergunto: você deixaria um carro com direção autônoma como esse te guiar em uma viagem? Deixe sua opinião na área de comentários.

Fonte: Ford.

Leia mais sobre: , , , , .

relacionados


Comentários