Meio Bit » Baú » Áudio e vídeo » Além de games, Sony também oferecerá TV pela nuvem

Além de games, Sony também oferecerá TV pela nuvem

Além de games, Sony também planeja oferecer TV por streaming e investida poderá mudar significativamente a maneira como consumimos esse conteúdo.

08/01/2014 às 11:31

cloud-tv

A Sony parece estar realmente decidida a explorar a entrega de conteúdo pela nuvem e depois de anunciar detalhes do PlayStation Now, que será dedicado aos games, a fabricante aproveitou sua conferência na CES para revelar algo que deve ter preocupado muitos executivos de empresas de TV por assinatura.

Conforme explicou Andrew House durante a apresentação, a ideia é fazer com que mais de 70 milhões de seus aparelhos sejam capazes de receber o streaming de programas, filmes, partidas esportivas e shows, fazendo com que cada um deles passem a funcionar como um DVR e deem a seus usuários a possibilidade de assistir o que quiserem, na hora que tiverem vontade.

Na opinião do CEO da Sony Computer Entertainment, a televisão como conhecemos é “falha e está desatualizada”, e por isso o objetivo deles é “transformar a experiência do usuário, fazendo com que encontrar transmissões ao vivo e programas sob demanda se torne algo intuitivo e imediato.

Caso tudo corra conforme o planejado, a Sony espera começar a disponibilizar o serviço ainda este ano e embora eles não tenham dito se outros países terão acesso a ele, o mais provável é que apenas os americanos sejam atendidos neste primeiro momento e claro, podemos esperar aplicativos para os videogames, celulares e computadores produzidos por eles.

Mesmo não sendo uma ideia muito diferente daquela oferecida por serviços como o Netflix, onde recebemos recomendações de acordo com o que já assistimos e nos permitindo continuar a exibição a partir do ponto em que paramos, independente do dispositivo que estivermos usando no momento, o grande diferencial aqui pode ser as transmissões ao vivo, sem falar em todo o conteúdo que pertence à Sony e os muitos consumidores que possuem.

Confesso que estou curioso para saber como será a recepção dos outros estúdios e companhias de TV por assinatura, mas isso é um problema que eles deverão resolver e como consumidor, só quero ter a opção de poder me livrar das grades de programação.

Fonte: Gigaom.

relacionados


Comentários