Meio Bit » Arquivos » Ciência » Inception: empresa desenvolvendo gerador de sonhos lúcidos

Inception: empresa desenvolvendo gerador de sonhos lúcidos

Uma startup está desenvolvendo um equipamento que, se der certo, vai revolucionar o entretenimento solitário (calma, não é o que você está pensando). Um gerador de… sonhos lúcidos. Isso mesmo: você no controle do holodeck de seu cérebro.

03/01/2014 às 9:30

neil-gaiman-new-sandman

Scott Adams, criador do Dilbert, diz que o Holodeck será a última invenção da Humanidade, iremos todos morrer de inanição, cercados de 12 clones da Cindy Crawford. Não sei se chega a tanto, mas a idéia de um ambiente virtual indistinguível da realidade, e sob nosso controle é muito tentadora. O que pouca gente percebe é que já temos esse ambiente, são os sonhos.

Ninguém sabe ainda exatamente o motivo de sonharmos, mas alguns fatos já foram identificados. Primeiro, nem todo sonho ocorre em tempo real. Segundo, sonhos são influenciados pelos sentidos. Durante meses tive sonhos com temática militar: na época, o History Channel passava programas sobre Aliens História, e o Mail Call coincidia com o auge de meu sono REM.

Dentre os vários efeitos estranhos dos sonhos, o melhor e infelizmente mais raro é o sonho lúcido: sonhar e perceber que estamos sonhando é um privilégio. Você se torna basicamente Deus. Se Deus andasse cercado de 12 clones da Scarlett Johansson, claro.

Existem várias técnicas para provocar sonhos lúcidos, mas todas esbarram no problema de sinalizar ao cérebro sem que ele se acostume, e ignore os sinais, ou entenda que é um alerta e interrompa o sonho, acordando o sujeito. Agora uma empresa — a iWinks — diz ter resolvido isso.

Utilizando sensores de eletroencefalograma (EEG), a “tiara” desenvolvida por eles detecta padrões de sono REM e quando o sujeito está começando a sonhar, ativam sinais sonoros e visuais, que ele terá experimentado antes, em vigília. Com isso o cérebro é enganado para achar que está acordado. O resultado? Sonho lúcido. E Scarlett Johansson.

O equipamento funciona controlado por um smartphone, e está sendo bancado via Kickstarter. Dos US$ 90 mil pretendidos, já alcançaram US$ 119 mil e ainda faltam 3 semanas de captação. Esperemos que consigam produzir comercialmente o Aurora. A idéia de sonhos lúcidos frequentes é extremamente atraente. Até a mim, que não durmo.

Fonte: VB.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários