Meio Bit » Baú » Mobile » HTC tenta explicar o inexplicável sobre atualizações do Android

HTC tenta explicar o inexplicável sobre atualizações do Android

No melhor estilo explicando o injustificável, a HTC postou um infográfico mostrando o motivo das atualizações do Android demorarem tanto. O culpado, claro, são as operadoras, mas convenhamos: pros usuários, não faz diferença.

27/12/2013 às 11:00

ahamclaro

Uma das coisas que os usuários de Android mais reclamam com razão é a demora nas atualizações. Um ecossistema fragmentado, com um número obsceno de versões, cada uma com requisitos distintos. No final, aquela mendicância onde os usuários imploram aos fabricantes por uma atualização.

Para piorar, ainda caem na mão das operadoras, que podem decidir que é mais jogo forçar a compra de um aparelho novo do que atualizar um antigo.

A HTC disponibilizou um infográfico detalhando esse processo, e entre testes, certificações, configurações e instalações proprietárias, um celular Android comprado direto do Google passa por 8 etapas. Um da HTC, 9. Um celular de operadora, 12.

Isso, como nós sabemos, é um inferno. Não era pra ser assim. O Windows Phone veio com uma proposta de contornar essa necessidade e ser facilmente atualizado. Na prática, não foi. Caiu no mesmo esquema do Android, dependendo da bênção das operadoras.

Esse poder todo explica a dificuldade das atualizações, mas não justifica. A Apple consegue manter uma unidade muito maior entre seus produtos, toda atualização sai simultaneamente, e a quantidade de lixo instalado por terceiros é zero. Aí fica a pergunta: será que a Apple tem tanto poder de lobby assim? Google e Microsoft não são quitandas, mas se renderam às operadoras de telefonia, prejudicando os usuários.

A mim, usuário, não interessa qualquer explicação. Eu quero que meu celular seja atualizado sempre que possível, e na descoberta de algum bug de segurança sério, que isso seja corrigido e espalhado ONTEM.

Se o Linux, que é um rebu de pacotes, programas, scripts e repositórios consegue se manter atualizado, não importa a distro, como o Android e o Windows Phone não conseguem?

Operadoras não estão acostumadas com esse nível de agilidade. A grande maioria ainda considera dados um negócio secundário. Se continuar assim, perderão mais e mais vendas, com heavy users migrando pra Apple e pros Androids direto do Google. Quanto ao Windows Phone, mesmo meu Lumia 920 sendo desbloqueado, não atrelado à operadora, só consegui o upgrade pro Amber baixando da biblioteca do Paulo Coelho: a lógica da (des)atualização não existia, não por estar associado a uma operadora MAS por ser do Brasil.

Leia mais sobre: , , , , .

relacionados


Comentários