Meio Bit » Baú » Mobile » Apple dá o ultimato: novos apps e atualizações devem ser otimizados para iOS 7 até 1º de fevereiro

Apple dá o ultimato: novos apps e atualizações devem ser otimizados para iOS 7 até 1º de fevereiro

Apple pressiona os devs: à partir de 1º de fevereiro novos apps e atualizações deverão ser otimizados para iOS 7 e desenvolvidos na última versão do Xcode 5

19/12/2013 às 11:01

ipad-ios-7

Apesar da repulsa inicial, o iOS 7 foi massivamente bem recebido pelos consumidores. Claro que a diferença de abordagem da Apple em relação ao Google é essencial, já que as atualizações passam por cima de tecnicalidades com operadoras e limitações geográficas: anunciou, saiu pra todo mundo, instalou e pronto.

A adoção da última versão do sistema já ultrapassou 76%, segundo relatório do Apple Developer Center. A título de comparação, versão mais utilizada do Android é o Jelly Bean com 54,6%, fragmentada entre as variantes 4.1 (37,4%), 4.2 (12,9%) e 4.3 (4,2%). Todos os dispositivos vendidos pela Apple rodam iOS 7, e portanto ela julgou que é hora de pressionar os desenvolvedores: a partir de 1º de fevereiro, todos os novos apps e atualizações submetidas à App Store deverão ser otimizadas para a última versão do sistema, e criadas com a última versão do Xcode 5, do contrário serão rejeitadas.

Do ponto de vista da adoção do sistema, o “empurrãozinho” nos devs é até compreensível. Ainda que 24% dos donos de iGadgets ainda rodem versões anteriores do sistema (muito provavelmente por possuírem hardwares mais velhos como o iPhone 3GS e o primeiro iPad), para a Apple deixar um app com interface velha em seu SO novo prejudica a experiência de uso, o mantra criado por Jobs e seguido à risca por Cupertino. Além do mais, ao fazer isso donos de hardwares antigos ficarão com apps desatualizados, o que poderá forçá-los a finalmente fazerem o upgrade em seus equipamentos.

O chato é que a Apple não teve pena dos desenvolvedores: pode parecer um prazo longo, mas a verdade é que o sistema foi apresentado em junho e lançado em setembro, portanto quem empurrou com a barriga terá que correr atrás do prejuízo.

Fonte: Ars Technica.

relacionados


Comentários