Meio Bit » Baú » Hardware » Google e HP estão realizando recall do Chromebook 11 por problemas no carregador

Google e HP estão realizando recall do Chromebook 11 por problemas no carregador

HP Chromebook 11 voltará às lojas após problemas de superaquicimento e derretimento de carregadores USB; quem comprou receberá um carregador novinho

17/12/2013 às 16:30

hp-chromebook-11

Apesar de a princípio parecer um produto muito bom por um preço camarada, na verdade Google e HP pagaram um mico bem grande com o Chromebook 11, muito provavelmente por não submeter o ultrabook a todos os testes necessários.

Não foram uma ou duas vezes, mas diversos consumidores que adquiriram o equipamento relataram problemas de superaquecimento no carregador que acompanha o kit. Alguns até mesmo notificaram que o acessório derreteu. O Google teve que retirar o produto do mercado, e aconselhou os que já o haviam adquirido para não utilizar o carregador padrão e que se virassem com similares de smartphones ou tablets.

Foram ao todos nove relatos de problemas com o carregador, dois causando respectivamente queimaduras e danos à propriedade. Por fim a empresa resolveu fazer o óbvio ao iniciar o processo de Recall dos carregadores, aconselhando os compradores a interromperem o uso dos Chromebooks. De acordo com a Comissão de Segurança dos Produtos de Consumo dos Estados Unidos, foram vendidos cerca de 145 mil ultrabooks no território norte-americano. Por sorte ele não chegou a ser comercializado fora dos States.

O Google divulgou que o recall será feito de forma simples: ela enviará para a casa dos compradores um novo carregador e uma caixa de correio pré-paga para que o consumidor possa remeter o acessório defeituoso de volta. Por fim o Google anunciou através de seu blog que as vendas do HP Chromebook 11 serão retomadas, ainda que ambas empresas tenham um longo caminho para recuperar a confiança dos clientes. De minha parte eu adoraria adquirir um caso o Google o vendesse aqui por um preço bem camarada, algo que a Acer não fez.

Fonte: The Verge e Google.

relacionados


Comentários