Meio Bit » Baú » Games » Subnautica e a tentativa de criação de um novo gênero

Subnautica e a tentativa de criação de um novo gênero

Subnautica é o novo jogo de exploração submarino dos criadores do Natural Selection e que perigosamente promete criar um novo gênero.

16/12/2013 às 13:00

Subnautica

Uma das coisas mais perigosas para uma desenvolvedora é criar uma expectativa exagerada em torno de um projeto e será que existe maneira melhor de fazer isso do que prometendo que o seu jogo criará um novo gênero?

Quem resolveu seguir por este perigoso caminho foi o pessoal da Unknown Worlds, estúdio mais conhecido pela série Natural Selection e que acaba de anunciar o Subnautica, título que eles afirmam que “combinará elementos de RPG, sandbox, exploração e jogos cinemáticos para criar uma experiência única,” gênero que acreditam que ainda não foi inventado.

Com toda a ação acontecendo em um mudo aberto, eles esperam que o foco esteja na exploração e construção, com a jogabilidade ainda estando em estágio inicial de desenvolvimento, o que me faz acreditar que ainda demorará bastante até que o vejamos em funcionamento.

Caso a ideia seja realmente posta em prática, o grande destaque do game deverá ser a sensação de explorarmos o desconhecido, com o ambiente subaquático nos incentivando a construirmos submarinos e equipamentos que nos permitam ir cada vez mais longe e a profundidades maiores.

O grande problema é que tudo sobre o projeto não passa de um conceito e por mais que eu não queira acreditar muito nessa história de criação de um novo gênero, gosto bastante da ideia de abrir o desenvolvimento para os jogadores, que poderão dar opiniões sobre o que eles devem ou não fazer e principalmente, esta é uma temática que e que sempre achei um tanto ignorada pelos games. Além disso, as artes conceituais me lembraram O Segredo do Abismo, filme que tanto gosto.

Este Subnautica é certamente mais um dos jogos que coloco numa categoria de títulos que querem ser tão grandiosos que provavelmente isso será o seu calcanhar de Aquiles, mas caramba, como eu gostaria que Unknown Worlds acertasse neste aí.

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários