Meio Bit » Baú » Games » Battlefield poderá ganhar clima baseado na localização do jogador

Battlefield poderá ganhar clima baseado na localização do jogador

CEO da DICE fala que série poderá ganhar mudanças climáticas de acordo com a localização do servidor e propõe um novo nível de imersão para os jogos.

06/12/2013 às 15:00

battlefield-4

Quando falamos da maneira como a nuvem podem melhorar os games, basicamente pensamos apenas em manter nossos saves armazenados nos servidores das empresas ou receber o streaming de títulos que estão sendo executados nas máquinas delas, mas durante uma entrevista o CEO da DICE, Patrick Söderlund, falou sobre uma função bacana que essa tecnologia poderá trazer.

Uma das coisas que acho legal no Battlefield 4 são os placares por localização - você pode encontrar quem na sua vizinhança é, digamos, o melhor a jogar como assault. Isso é legal e levemos isso um passo adiante. E se tivéssemos servidores que nos oferecessem coisas simples como o clima e o horário da área em que moramos. Se o servidor está em Estocolmo e está ensolarado, e se fizesse sol também no mapa? E se estiver nevando e escuro em Moscou? Você olha para as possibilidades e percebe que pode fazer muito mais coisas nos mundos baseados na nuvem do que podia fazer antes.

Quer dizer, talvez a função nem seja implementada no Battlefield 4 e acabe ficando para sua continuação, mas na minha opinião é algo muito interessante é que pode trazer um novo nível de imersão aos jogos. Talvez em um jogo de tiro em primeira pessoa esse recurso nem seja tão útil, mas pense em um game de futebol ou corrida e fica mais fácil entender como ele pode alterar a jogabilidade.

Porém, não sei até que ponto isso seria viável, mas ao invés de exigir todo a tecnologia de jogos pela nuvem, não seria mais fácil aproveitar o relógio do aparelho onde o game está funcionando ou até mesmo coletar informações meteorológicas de sites especializados e assim alterar as configurações da partida? Pensando assim não aprece algo tão complicado, não é mesmo?

Na verdade sempre achei que isso deveria ser mais explorado em alguns jogos e nunca entendi muito bem o porque de não acontecer, mas é bom ver que alguém da indústria considera esta uma boa ideia e acho que será muito legal se ela for implementada.

Fonte: MP1st.

relacionados


Comentários