Meio Bit » Baú » Games » As análises de jogos ainda são relevantes?

As análises de jogos ainda são relevantes?

Executivo de um dos maiores sites de games do mundo diz que jogadores nãos e importam mais com análises. E você, ainda as considera relevantes?

05/12/2013 às 11:30

reviews

As análises de jogos sempre foram um dos carros chefes das revistas e sites especializados, mas para Nathan Lindberg, vice-presidente de vendas do Curse, uma espécie de portal dedicado a reunir informações sobre diversos títulos, os jogadores não estão mais dando importância para esse tipo de material.

Os jogos são drasticamente diferentes do que já foram… Os hábitos de consumo mudaram drasticamente, especialmente para essa geração do novo milênio. Eles não visitam mais os sites de notícias, preferem ir para as comunidades onde seus amigos estão. Eles não assistem TV, estão nos sites de video-on-demand e certamente não dão ouvido às análises – ao invés disso, preferem ouvir seus amigos e outros jogadores.

Sendo apontado hoje como o terceiro maior site do mundo quando se trata de games, ficando atrás apenas do IGN e do Gamespot, a opinião dos responsáveis pelo Curse merece ser levada em consideração, principalmente quando dizem que as empresas precisam parar com a mania de abandonar seus jogos logo após o lançamento.

A situação estaria tão crítica quanto Lindberg tenta nos fazer crer? Pode até ser que não, mas tenho visto cada vez mais as pessoas reclamando das notas que os críticos dão para determinados títulos, que muitas vezes só querem causar polêmica ou pousar de intelectuais e os jogadores preferindo procurar a opinião de amigos que tenham gostos parecidos com os seus, além de testar os jogos antes de comprá-los, quando isso é possível, é claro.

Ultimamente tenho adotado uma estratégia em relação aos reviews, até para evitar os spoilers, algo que muitos autores parecem não se incomodar de entregar em seus textos. Quando se trata de um título que eu quero jogar muito, prefiro não ler a opinião de outras pessoas até que o tenha jogado. Já em relação a jogos que não conheço muito, procuro ler as análises de dois ou três sites, apenas para saber melhor do que se tratam, mas sempre deixando espaço para formar minha própria opinião depois.

Fonte: MCV.

Leia mais sobre: .

relacionados


Comentários