Meio Bit » Baú » Demais assuntos » Cenas DRAMÁTICAS do lançamento do PS4 na Alemanha [UPDATE]

Cenas DRAMÁTICAS do lançamento do PS4 na Alemanha [UPDATE]

PS4 caminha para se tornar o console mais vendido neste início de geração; na Alemanha a procura pelo console foi, digamos, intensa; em SF uma pessoa morreu

02/12/2013 às 12:15

Não foi muito diferente disso

A Sony está rindo de orelha a orelha, e tem motivos para isso: as vendas do PS4 tem atingido números impressionantes, só nos Estados Unidos o console vendeu 1 milhão de unidades apenas nas primeiras 24 horas. O console simplesmente sumiu das lojas de departamentos e a fila de espera da Gamestop chegou a ultrapassar 2 milhões de clientes. As vendas do Xbox One durante a Black Friday só bombaram porque não se encontrava o console da Sony em lugar nenhum.

Isso claro, na América do Norte. Por aqui, o console foi lançado na última sexta-feira e obviamente a Sony não autorizou a redução de preço durante a promoção, permanecendo os mesmos R$ 4 mil oficialmente. Apesar de um certo site de notícias ter divulgado que nenhuma unidade foi vendida no Brasil (desde quando São Paulo responde pelo país inteiro?), a verdade é que poucas cópias foram disponibilizadas tanto nas lojas Sony Style quanto nos revendedores, e por falta de uma campanha de divulgação como a Microsoft fez ele não vendeu tanto quando se esperava. Ainda assim, o estoque do console esgotou em algumas lojas, como na Sony Style do Barra Shopping (ainda que apenas cinco unidades tenham sido disponibilizadas).

A Europa, que historicamente é um mercado forte da Sony recebeu o console também na última sexta-feira, e os números tem sido muito bons. A procura pelo console foi intensa e a empresa teme que o abastecimento só seja normalizado lá para fevereiro. Na Alemanha, assim como em outras partes da Europa as lojas abriram à meia-noite, e um vídeo compilando os melhores momentos da “invasão” dos clientes em três grandes redes locais é no mínimo interessante, antropologicamente falando. Afinal, de blitzkrieg eles entendem (too soon!):

Não que promoções das lojas norte-americanas na Black Friday costumem ser muito diferentes disso (tumultos assim também são comuns aqui, basta lembrar das liquidações de janeiro das grandes lojas brasileiras) e é algo que South Park zoou homericamente nas últimas três semanas, estendendo o assunto para a guerra dos consoles, sobrando até para a Ubisoft, quando Cartman explicou para Kyle para que serve o sistema de pré-vendas. Lembrando, a empresa assumiu o desenvolvimento de South Park: The Stick of Truth após adquirir o título após a falência da THQ e prometeu o game ainda para 2013, porém seu lançamento foi novamente adiado, desta vez para março de 2014.

Claro, nunca deixa de ser divertido ver o quanto pessoas estão dispostas a se digladiar por um videogame, uma TV ou uma lavadora de roupas, mas isto é normal no ser humano. Eu prefiro fazer pipocas e assistir.

UPDATE: infelizmente a ânsia atrás do console passou dos limites. De acordo com o San Jose Mercury News, uma negociação entre um homem que desejava vender seu PS4 e um suposto comprador acabou muito mal: ao chegar no local combinado o vendedor foi atingido por vários tiros pelo suspeito, que pegou o console e fugiu. A vítima foi levada ao San Francisco General Hospital, onde faleceu. A polícia de San Francisco está atrás do assassino.

relacionados


Comentários