Meio Bit » Baú » Fotografia » Governo Chinês desenvolve tecnologia para evitar fotos constrangedoras na internet

Governo Chinês desenvolve tecnologia para evitar fotos constrangedoras na internet

O Governo Chinês está investindo em tecnologia para identificar fotos manipuladas digitalmente. O objetivo é descobrir fraudes contra membros do Governo e montagens toscas feitas por funcionários que possam causar polêmica.

25/11/2013 às 18:49

E o Governo Chinês está investindo pesado em pesquisa sobre o Photoshop. Mas, não se trata de uma inovação do programa ou um concorrente com os mesmos recursos. Estão desenvolvendo um aplicativo que seja capaz de determinar, de forma fácil e automática, se uma foto foi alterada digitalmente. Várias Universidades do país estão desenvolvendo pesquisas com esse foco e bancadas com dinheiro estatal. Mas, qual o interesse do governo em tais informações? Dois motivos.

O primeiro é para descobrir nos sites estatais manipulações grotescas que possam envergonhar o governo e retirá-las do ar antes que virem manchete. Na China existem diversos sites que divulgam as obras e trabalhos das diferentes instâncias do governo e não existe um comando centralizado para a publicação das matérias. Caso interessante aconteceu no final de outubro em uma das províncias orientais da China. Uma imagem publicada no site do Departamento de Assuntos Civis da cidade de Ningguo mostra alguns membros da administração pública, entre eles o Vice-prefeito, fazendo reverência para uma idosa de 103 anos. Prova de respeito do governo para com os mais idosos. Só que o resultado não foi muito interessante, como mostrado abaixo. Diferente daqui, lá o culpado foi encontrado. Xu Fei., Diretor do Escritório de Envelhecimento de Ningguo (e a gente reclamando de repartições malucas no Brasil) disse que teve problema em enquadrar os representantes do poder público e a idosa na mesma foto, então decidiu que "algum trabalho de pós-processamento sutil iria cuidar do problema." Sim, ficou muito sutil, vocês não acham?

manipulação_digital_china

O segundo motivo para o desenvolvimento do recurso é a quantidade de montagens envolvendo membros do governo em escândalos sexuais. O objetivo de tais imagens é subornar as autoridades. Segundo um secretário do partido da província de Hunan, os funcionários do governo estão especialmente sensíveis a esse tipo de ameaça desde que um vídeo comprometedor foi responsável pela demissão de 20 altos funcionários no ano passado. Segundo estatísticas não oficiais, apenas 10% dos chantageados vão até a polícia. Ou seja, ainda é uma prática criminosa muito rentável.

Independente de um programa específico ser inventado, ou não, para identificar fotos manipuladas em sites do governo, fica aqui a pergunta. Em que mundo alienígena a foto acima poderia ser encarada como verídica?

Fonte: Petapixel

relacionados


Comentários