Meio Bit » Baú » Games » Microsoft testou controle do Xbox One que exalava odores

Microsoft testou controle do Xbox One que exalava odores

Executivo da Microsoft revela que empresa gastou mais de US$ 100 milhões na criação do controle do Xbox One e entre os protótipos existia um que exalava odores.

20/11/2013 às 11:30

xbox-one

A ideia de trazer cheiros aos jogos vem sendo cogitada há algum tempo e quem também flertou com esta possibilidade foi a Microsoft, que por pouco não utilizou a tecnologia no controle do Xbox One.

A informação foi compartilhada por Zulfi Alam, gerente de acessórios da empresa, ao falar sobre as “centenas” de protótipos que criaram para o joystick do Xbox One:

Consideramos conceitos como adicionar telas ao controle. Consideramos conceitos como adicionar cheiro. Construímos pequenas cápsulas com diferentes tipos de odores que poderiam ser exalados do controle. Seria como se você estivesse andando por uma floresta e sentisse o cheiro da flora.

A fabricante também preferiu não utilizar outras funções, como a tela e a caixa de som presente nos controles do Wii U e PlayStation 4 e de acordo com o executivo, o motivo para isso é o fato de termos uma televisão na nossa frente e que evidentemente é capaz de nos oferecer uma experiência melhor que a vista num controle, sem falar no consumo elevado de bateria que tais recursos exigiriam.

Ainda segundo Alam, a Microsoft teria gasto mais de US$ 100 milhões no desenvolvimento do controle do Xbox One e pelo o que tem sido dito por aí em relação a qualidade do dispositivo, tenho a sensação de que o dinheiro foi muito bem empregado.

Enfim, a verdade é que ao pensar num Resident Evil ou na possibilidade de um novo Conker, fico feliz por terem desistido da ideia do odor.

Fonte: Gamesbeat.

Leia mais sobre: .

relacionados


Comentários