Meio Bit » Baú » Games » Após reclamações, Eidos elimina QTEs do Thief

Após reclamações, Eidos elimina QTEs do Thief

Se você está ansioso pelo novo Thief e não gosta de Quick Time Events, pode comemorar, pois a Eidos os retirou do jogo.

19/11/2013 às 16:00

thief

Ultimamente tenho visto muitas pessoas reclamando dos Quick Time Events (QTE), aquelas cenas nos jogos onde temos que apertar determinados botões na hora certa e que alguns consideram uma escolha pobre de design. Particularmente nunca vi muito problema nelas, desde que usadas com sabedoria, mas os fãs da série Thief parecem não concordar comigo.

Após revelar que o novo jogo traria o tão controverso recurso, uma funcionária da Eidos aproveitou uma sessão de perguntas e repostas para revelar terem desistido dele.

Não iremos implementá-lo. Para começar, havia apenas algumas instâncias de QTEs no jogo; na verdade havia apenas uma em toda a demo de uma hora de duração mostrada na E3. Contudo, dada a enorme reação da imprensa e da comunidade, foi uma decisão fácil removê-las completamente. Então não as faremos. Não teremos quick time.

Outro recurso que deixará de aparecer no jogo são as partes em que poderíamos nadar e o estúdio ainda falou que o Thief terá um modo em que a morte será permanente e que se for encarado em conjunto com a opção de que não podemos ser detectados, fará com que a tensão seja absurda.

Quanto aos QTEs, acho que o grande problema é conseguir fazer com que a técnica se encaixe na jogabilidade, nunca quebrando a ação ou passando a impressão de ser algo utilizado apenas para fazer volume. Alguns jogos que considero terem feito isso muito bem são os primeiros God of War e o Ninja Blade, mas concordo que em boa parte das vezes o recurso serve mais para irritar.

Fonte: Eidos Montreal.

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários