Meio Bit » Baú » Games » Fundador da Avalanche faz duras previsões para séries CoD e Battlefield

Fundador da Avalanche faz duras previsões para séries CoD e Battlefield

Para fundador da Avalanche Studios, Call of Duty: Ghosts e Battlefield 4 marcam o fim de uma era e prevê mudanças significativas para os próximos capítulos das séries.

07/11/2013 às 11:30

cod-ghosts

Ok, o mundo está cheio de profetas do apocalipse e em boa parte das vezes o que esses pessimistas preveem nunca se concretiza, mas quando alguém como Christofer Sundberg, fundador da Avalanche Studios e diretor criativo da série Just Cause, diz o que espera do futuro das franquias Call of Duty e Battlefield, acho que devemos prestar atenção.

Eu prevejo o fim de uma era com o Call of Duty: Ghosts e o Battlefield 4. Não acredito em um futuro para o CoD e acredito que o Battlefield sobreviverá apenas como um jogo multiplayer,” disse em sua conta no Twitter.

Diante de uma afirmação tão categórica, Sundberg foi questionado se o Call of Duty não poderia continuar se seguisse o mesmo caminho que ele julga correto para o Battlefield, que seria focar apenas nas partidas online, mas para o sueco, “não existe espaço para ambos, a menos que existam drásticas diferenças e as editoras encontrem novas maneiras de monetizá-los.

O curioso é que o desempenho comercial do Call of Duty: Ghosts mostra exatamente o contrário, já que só no primeiro dia as vendas do jogo ultrapassaram um bilhão de dólares, mesmo com as análises classificando este como um dos mais fracos capítulos da franquia.

Mesmo assim, a opinião de Sundberg não chega a ser absurda e digo isso porque logo esses jogos terão a provável dura concorrência de dois gigantes, o Destiny e o Titanfall, mas com tantas pessoas ainda investindo em um Call of Duty assim que ele chega às lojas, fica difícil apostar no fim de algo que gera tanto dinheiro.

Estejam essas séries se aproximando de um fim ou não, o que me deixa triste é pensar na possibilidade de em breve só termos FPSs focados no mata-mata. Eu realmente não gostaria que as campanhas single-player desses jogos fossem extintas, mas como boa parte dos jogadores nem lhes dão uma chance, não me surpreenderei se isso acontecer.

Fonte: Gamespot.

relacionados


Comentários