Meio Bit » Baú » Games » CEO diz que grandes editoras aparecerão no Ouya

CEO diz que grandes editoras aparecerão no Ouya

CEO do Ouya diz que é questão de tempo até que as grandes editoras apareçam no console, mas não acredita no lançamento de um FIFA ou Call of Duy para ele.

04/11/2013 às 16:00

ouya

Embora eu tenha comprado um Ouya antes do seu lançamento e cancelado o pedido devido aos relatos negativos sobre seu controle, ainda acho a proposta do console muito interessante, principalmente por abrir portas para estúdios que possivelmente só teriam algum espaço no PC.

Mas e quanto as grandes editoras, até quando ignorarão o videogame? Bom, segundo a CEO da empresa responsável pelo aparelho, Julie Uhrman, é inevitável que as gigantes lancem seus jogos por lá, mas não devemos esperar alguns dos principais títulos do mercado.

As editoras estão sempre atrasadas nos novos modelos de negócios. É provável que uma Activision ou uma Electronic Arts apareça no Ouya? Absolutamente.

O motivo de não termos um Call of Duty ou um FIFA no Ouya é porque existe um lugar perfeito para jogar esses games hoje em dia. Quando essas editoras vieram a nós, elas trarão jogos perfeitos para nossa plataforma… Não será a mesma coisa.

Por este comentário fica claro que a intenção de Uhrman e sua equipe é fazer do Ouya uma plataforma onde as empresas possam publicar jogos diferentes, onde as experiências teriam espaço e se pensarmos bem, faz sentido imaginarmos que apesar dos jogos citados por ela terem aparecido em tablets e smartphones, seria complicado concorrer com os videogames que já conquistaram a TV.

Eu só acho estranho a falta de interesse dessas desenvolvedoras, já que adaptar tais títulos teoricamente não exigiria um investimento muito alto. Em todo caso, como as vendas de games por lá não estão sendo as melhores, imagino que a fabricante esteja desesperada para que o Ouya tenha o seu primeiro título considerado imperdível.

Fonte: Gamesbeat.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários