Meio Bit » Baú » Hardware » Moto G: Motorola vai anunciar versão de baixo custo do Moto X no dia 13

Moto G: Motorola vai anunciar versão de baixo custo do Moto X no dia 13

Smartphone de baixo custo recebe teaser site e data de anúncio oficiais; especificações indicam que aparelho foca na experiência do usuário

04/11/2013 às 16:30

moto-g-teaser

Quando a Motorola anunciou o Moto X, o CEO da empresa Dennis Woodside prometeu que tendo em vista a realidade de mercados emergente como o Brasil, cuja realidade dos planos de dados é bem diferente dos países desenvolvidos, uma versão mais barata do aparelho estaria sendo desenvolvida sob a mesma marca, fazendo com que a linha Moto de smartphones com Android o mais próximo possível da versão stock fosse disponível a diversos gostos - e bolsos.

Como o Google prefere deixar a guerra de especificações para a linha Nexus (que atualmente está na mão da LG, com exceção do Nexus 10 da Samsung), a Motorola ficou encarregada de focar mais na experiência do usuário. Isso explica o fato de que o Moto X não ser um high-end, ainda que no Brasil ele tenha tido preço de um: R$ 1.799,00 na época do lançamento, já reajustado para R$ 1,5 mil. Mas francamente, isso não surpreendeu nem um pouco.

Agora o Google acaba de confirmar que o tal aparelho barato está prontinho para sair do forno. Chamado de Moto G, referências a ele pipocaram no site da Motorola mas foram rapidamente retiradas. Agora a empresa lançou um teaser site, prontamente anunciado via Twitter informando que o smartphone será lançado no dia 13 de novembro. Sobre o Moto G em si, o site GSM Arena conseguiu uma imagem do material promocional, que dá um aperitivo do que ele tem por dentro:

moto-g-specs

Ainda que seja um aparelho barato, ele possui um quad-core da Qualcomm de 1,2 GHz, muito provavelmente um Snapdragon 200. Além disso ele possui 8 GB de espaço interno, câmera traseira de 5 megapixels e frontal de 1,3 MP, display de 4,5 polegadas com resolução HD (329 ppi), porém não possui 4G. Especificações interessantes para um aparelho mais em conta, mas considerando o episódio do preço do Moto X, não espero que ele custe menos de R$ 1 mil por aqui, mas pelo menos o flyer mostra que ainda que não seja extremamente de ponta, o hardware vai garantir uma boa experiência de uso, o que parece ser o atual foco da Motorola.

Resta saber se a velha política de atualizações da empresa ficou no passado, pois muita gente ainda torce o nariz para seus lançamentos por medo de acabar abandonado meses após o lançamento de seus smartphones. O Moto G virá com o 4.3 Jelly Bean, algo até esperado já que o lançamento do 4.4 KitKat não tem nem uma semana.

Fontes: Motorola (via Twitter) e GSM Arena.

relacionados


Comentários