Meio Bit » Baú » Hardware » China espionando a cortina de ferro através do dito-cujo?

China espionando a cortina de ferro através do dito-cujo?

Na (convenhamos, perene) orgia de todo mundo espionar todo mundo, aparentemente a China apelou para um método nada chique, mas até certo ponto eficiente: está instalando escutas em ferros de passar roupa vendidos pra Rússia.

03/11/2013 às 23:05

johnny_english_reborn_rowan-646x363

Pelo visto espionagem está na moda, mas o orçamento anda baixo. Se continuar assim o próximo James Bond vai ter como cenário o escritório do pessoal do IT Crowd. Não basta a KGB, que nos bons tempos tinha a Natasha Roman e agora espiona os outros usando pendrives.

Seguindo a tendência, a Finlândia descobriu que seu Ministério das Relações Exteriores nos últimos 4 anos foi alvo de espionagem, através de spyware instalado nos computadores do órgão. Os suspeitos (habituais)? Rússia e China.

Piora?

Claro que piora. A Rússia também é alvo de espionagem, mas não do Obama. Quer dizer, CLARO que os EUA espionam os russos, e vice-versa, mas dessa vez a culpa é da… China.

Segundo a matéria acima, da TV Russa, ferros de passar importados da China continham, escondidos no cabo, placas de circuito que se conectavam a redes Wi-Fi nas proximidades e tentavam contaminar computadores com Spyware. O equipamento também tinha microfones, o que possivelmente permitia que áudio das proximidades fosse transmitidos para servidores… sei lá aonde.

Há gente dizendo que não faz sentido espalhar escutas aleatoriamente esperando que alguma capte informação suculenta, mas em essência é o mesmo que a NSA faz em projetos como o PRISM.

Também foram encontradas escutas em celulares e câmeras de carros, mas essas não faz sentido, os vídeos vão parar no YouTube anyway.

Portanto, cuidado. Seu gadget pode estar te espionando, o pequeno Ping não é seu amigo, por mais que consiga ótimas ofertas na DX.

Fonte: PS.

Leia mais sobre: , , , , , , .

relacionados


Comentários