Meio Bit » Baú » Hardware » Agora é oficial: Google lança Nexus 5 e Android 4.4 KitKat

Agora é oficial: Google lança Nexus 5 e Android 4.4 KitKat

Após inúmeros vazamentos, Google oficializa seu mais recente aparelho com Android puro, o primeiro com a versão 4.4 KitKat do robozinho verde

01/11/2013 às 10:50

nexus-5

Depois de ter vazado de todas as formas possíveis e imagináveis: o Google finalmente anunciou seu mais novo smartphone com Android puro, como de praxe o primeiro dispositivo com a nova versão do robozinho, 4.4 KitKat.

Como o aparelho já era intimamente conhecido de todo mundo (quase no sentido bíblico), vamos nos atentar em algumas particularidades: como a LG é novamente a fabricante do aparelho, o Nexus 5 possui muitas similaridades internas com seu próprio top de linha, o G2: SoC Snapdragon 800, 2 GB de memória e câmera com estabilizador de imagens, ainda que seja de 8 megapixels contra 13 MP do concorrente (aliás, a grande lente do Nexus 5 não ocorre no G2). A bateria também é menos potente, são 2.300 mAh contra 3.000 do G2. O display IPS de 4,95 polegadas possui resolução Full HD, o que confere um densidade de 445 pixels por polegada, com proteção certificada Gorilla Glass 3.

Como visto nos vazamentos, o Google dessa vez não pisou no tomate e a linha Nexus volta a ser compatível com o 4G, mas há ressalvas: para os empolgados que pretendem adquirir o modelo americano, ele não é compatível com a Banda 7 brasileira. A Anatel já homologou uma variação do Nexus 5 de codificação "LG-D821" que será habilitado ao nosso 4G, mas como o Google não preferiu fazer um anúncio simultâneo, teremos que esperar, aparentemente não muito.

O Nexus 5 já está a venda no site oficial, sendo que a versão de 16 GB custa US$ 349 e a de 32 GB, US$ 399. O smartphone está disponível a princípio em apenas dez países: Estados Unidos, Canadá, Reino Unido, Austrália, França, Alemanha, Espanha, Itália, Japão e Coreia do Sul.

http://www.youtube.com/watch?v=hQ0XTJqFLIE

Como poder não é nada sem controle, o Nexus 5 vem com a novo Android com sabor de chocolate, o 4.4 KitKat. A interface foi suavizada e agora não é mais preciso acessar botões (físicos ou virtuais) para iniciar buscas: basta dizer "OK Google" e o dispositivo fará o resto, muito provavelmente como ocorre no Moto X, onde o aparelho está com o recurso ligado o tempo todo. Um recurso que muita gente não gosta em aparelhos sem botões físicos é o fato de que os virtuais "comem" espaço da tela. Agora eles são translúcidos e podem ser ocultados, liberando uma maior área de contato, agradando quem gosta de assistir vídeos e jogar em seu smartphone.

android-4-4-kitkat

O discador foi melhorado (alguém ainda faz ligações?) e está mais inteligente: ele permite procurar números de empresas via Google Maps e faz uma busca contrária quando você recebe uma ligação de um contato que não possua. Já o app dedicado a SMS deixou de existir, tendo sido absorvido pelo Hangouts. E falando em ícones, os apps do Google foram levemente redesenhados.

Segundo o Google, o principal feature do Android 4.4 é o fato de que ele foi desenhado para reduzir ao máximo o maior problema do sistema e principal argumento dos macfags quando o comparam com o iOS: fragmentação. O KitKat foi otimizado para rodar de forma suave em aparelhos de baixo custo, com até 512 MB de RAM. É um esforço louvável mas temo que não dará muito certo: diferente da Apple que enfia as atualizações goela abaixo, o Android é controlado pelos fabricantes (que o customizam até a alma) e operadoras; para os primeiros aparelhos desatualizados faz parte da estratégia odiosa de obsolescência programada (algo do qual acusam a maçã mas o iPhone 4, um aparelho de três anos, roda iOS 7), e as operadoras pioram tudo ainda mais com seus apps inúteis.

A previsão é que o Nexus 4, ambas gerações do Nexus 7 e o Nexus 10 recebam o update "em breve", assim como o Galaxy S4 e o HTC One com Android puro vendido pelo Google; infelizmente o Galaxy Nexus ficou de fora. Já donos de outros aparelhos precisarão sentar e esperar, mas para quem não gosta de esperar, sempre há o XDA Developers. Maiores informações podem ser encontradas na página oficial e no Android Developers.

UPDATE: a HTC já anunciou seu roadmap de atualizações para o HTC One nos Estados Unidos: a Google Play Edition receberá o Android 4.4 daqui a 15 dias, a Developer Edition e edições desbloqueadas em 30 dias e os demais em 90 dias.

relacionados


Comentários