Meio Bit » Baú » Hardware » Polícia perseguirá criminosos usando o truque mais velho do Batman

Polícia perseguirá criminosos usando o truque mais velho do Batman

O truque é tão velho que o Batman dos Anos 60 já usava, mesmo assim funciona muito bem, e agora a polícia usará: um bat-lançador de sinalizadores para rastrear bandidos fugitivos em perseguições de carro!

31/10/2013 às 18:22

batsafadeenho

Um dos truques mais descarados dos roteiristas de quadrinhos era mostrar um vilão fugindo do Batman, ele tendo sido aparentemente enganado, somente para dizer “ahá, mas faz tudo parte do plano, sem ele perceber instalei um bat-sinalizador!”. Em seguida é mostrada a imagem de algo com forma morcegosa, piscando e fazendo barulho, como todo bom sinalizador disfarçado deve ser.

Essa tecnologia existe, mas na vida real, assim como bombas não têm contadores digitais, sinalizadores não fazem bip com LEDs piscando. E são mais complicados de instalar. Mesmo assim, são bem úteis, como o desenvolvido pela empresa StarChase, e agora em testes em vários departamentos de polícia nos EUA.

Como todo mundo que acompanha World's Wildest Police Videos sabe, toda contravenção nos EUA desemboca em uma perseguição de carros, e isso é péssimo, vide as 7.892 velhinhas que o Batman cortou ao meio desde que começou a usar aquele bat-cabo pra fazer curvas fechadas. Na enorme maioria dos casos o crime não justifica colocar a população em risco perseguindo o criminoso, e nem todo departamento de polícia local tem verba pra manter helicópteros no ar. A tecnologia da StarChase resolve esse problema.

Os caras criaram um kit de US$ 5 mil que é instalado na frente do carro dos meganhas. No melhor estilo cruzado-embuçado, um painel abre e uma mira a laser ajuda a acertar, no fiofó do carro do suspeito um transponder com GPS, que transmite continuamente a posição do carro. Com isso os canas podem tirar o pé do acelerador, o imbecil fugitivo acha que se safou e vai pra casa, onde alguns minutos depois receberá visitas bem especiais.

Aqui o negócio em ação:

Claro, o sujeito pode abandonar o carro, perceber o transponder, mas nenhuma solução é perfeita. O importante é que essa tecnologia evita arriscar vidas inocentes e é um bom paliativo até a Boston Dynamics desenvolver um ED-209.

O lado ruim é que deixaremos de ter vídeos épicos como este aqui.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários