Meio Bit » Baú » Hardware » Para Tim Cook, Apple é plenamente capaz de entrar em outros segmentos de mercado

Para Tim Cook, Apple é plenamente capaz de entrar em outros segmentos de mercado

Durante divulgação dos resultados financeiros da empresa no 4º trimestre, CEO da Apple diz que são capazes de inovar em outros mercados que ainda não atuam

29/10/2013 às 15:30

tim-cook

Lançar novas tendências sempre foi regra na Apple, pois era assim que Steve Jobs pensava. Ele nunca entrou num segmento de mercado sem modifcá-lo profundamente, basta ver o histórico da empresa com o iPod, o iPhone, o iPad. De uns tempos para cá muito tem se especulado sobre o tal smartwatch que a maçã lançaria (o que não se concretizou até hoje, mas os concorrentes reagiram mesmo assim) e voltando um pouco mais, a dica que Jobs teria dado a seu biógrafo Walter Isaacson, quando disse que finalmente havia decifrado o código que o permitiria reinventar a televisão.

Há quem diga que a Apple não tem necessidade de entrar nesses segmentos, algo com o qual eu concordo, mas de acordo com o CEO Tim Cook, a Apple tem plena capacidade de entrar em outros mercados.

Durante a apresentação dos resultados da empresa no quarto trimestre, a Apple mais uma vez exibiu números exorbitantes: receita trimestral de US$ 37,5 bilhões, com lucros de US$7,5 bilhões, ou US$8,26 por ação. A empresa vendeu entre julho e setembro nada menos que 33,8 milhões de iPhones (contra 26,9 milhões no mesmo período de 2012) e 14,1 milhões de iPads, contra 14 milhões no ano passado, além de 4,6 milhões de Macs. Entretanto foi durante o Q&A dos acionistas que veio a informação mais curiosa: ao ser questionado por um analista se a empresa poderia entrar em novos mercados Cook respondeu que sim, mas não num futuro imediato.

"Especificamente falando de novos produtos, se você olhar para as capacidades da Apple em hardware, software e serviços e nosso incrível ecossistema de aplicações, concluirá que eles são únicos. Ninguém tem um conjunto de habilidades como esse.

(...) Nós obviamente acreditamos que podemos usar nossas habilidades para criar outros produtos incríveis de categorias nas quais não trabalhamos. Nós temos total confiança disso."

Note que Cook disse ter confiança que a Apple é capaz de entrar em outros mercados, e uma coisa que Jobs não fazia era jogar para perder. Se ele não estivesse plenamente convencido de que seu produto, qualquer que fosse não representasse uma revolução ele sequer sairia do papel. Como Cook disse que essa possibilidade não se concretizará tão cedo, é possível que a Apple apenas esteja considerando algumas coisas, apesar do fato de todos dizerem que o lançamento de um relógio esperto pela empresa seja iminente. Já a TV... quem sabe ela apareça a tempo da Copa?

Fonte: Mashable.

relacionados


Comentários