Meio Bit » Baú » Hardware » Nokia vendeu 8 milhões de smartphones entre junho e setembro; Lumia 1520 aparece em site chinês

Nokia vendeu 8 milhões de smartphones entre junho e setembro; Lumia 1520 aparece em site chinês

Nokia consegue atingir a marca de 8 milhões de smartphones vendidos; Lumia 1520, suposto futuro foblet da empresa é listado em site de compras chinês

21/10/2013 às 14:00

lumia-1520

A Nokia tem bons motivos para comemorar nesta semana. Ela realizará um evento em Abu Dhabi para apresentar ao mundo mais dispositivos (entre eles provavelmente estará seu primeiro foblet, o Lumia 1520) e se isso já não fosse uma boa notícia por si só, segundo o Wall Street Journal a empresa alcançou a marca de oito milhões de Lumias entre junho e setembro.

Ainda que esse número seja bem menor em comparação às vendas da Samsung e troco de pinga para a Apple (que chega a vender quase metade disso em iPhones no primeiro fim de semana após o lançamento de novos produtos), a marca é importante porque atesta que o market share da Nokia e Microsoft está crescendo exponencialmente: em 2012 ela vendeu 8 milhões de aparelhos durante todo o ano, já no primeiro trimestre de 2013 5,6 milhões de Lumia foram vendidos, contra 7,4 milhões no período seguinte. Ainda que esteja bem atrás dos primeiros sistemas mobile, os atuais números solidificam o Windows Phone como a terceira opção plausível - e de qualidade - para os consumidores. Sorry, BlackBerry.

E por falar em Lumia 1520, mesmo estando a beira do lançamento não há muitas informações disponíveis dele na net, exceto que contará com um display Full HD de seis polegadas, uma câmera PureView de 20 megapixels e a atualização GDR3 do WP8, que introduz suporte a vídeos em 1080p. Entretanto o smartphone apareceu (e foi rapidamente removido) no site Tmall, uma loja online chinesa. O anúncio denunciou o SoC do 1520, sem nenhuma surpresa o Snapdragon 800 da Qualcomm, quad-core de 2,3 GHz e GPU Adreno 330 que é o preferido dos fabricantes quando o assunto são aparelhos high-end.

lumia-1520-tmall-china

Não haviam imagens do aparelho, mas as demais informações disponibilizadas confirmavam se tratar mesmo do 1520, além de adicionar o preço de 4.999 Yuan (cerca de US$ 820 ou R$ 1.784,00), o que leva a crer que quando ele aportar por aqui, dificilmente seja precificado em um valor muito diferente do Galaxy Note 3, seu concorrente direto. Como muito provavelmente ele dará as caras amanhã durante o evento Nokia World, é esperar para ver de que tamanho será a facada.

Fonte: TNW e Engadget.

relacionados


Comentários