Meio Bit » Baú » Fotografia » Só Tony Stark não basta, Elon Musk também quer ser James Bond

Só Tony Stark não basta, Elon Musk também quer ser James Bond

Revelado como comprador do Lotus Esprit S1 que 007 pilotou em O Espião Que Me Amava, Elon Musk pretende transformá-lo num carro-submarino de verdade

18/10/2013 às 15:00

lotus-esprit-007-submarine

A série 007 com certeza é a franquia que mais tenha despertado o interesse do público em carros emblemáticos e cheios de traquitanas mirabolantes. Dentre todos os modelos que James Bond já dirigiu, talvez um dos mais lembrados é o Lotus Esprit S1 que ele dirigiu no décimo filme da série, O Espião Que Me Amava: além de ser equipado com as mais diversas armas, ele podia ser convertido num pequeno submarino, após a clássica cena de perseguição onde Bond mostra o que o carro pode fazer:

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=UUxpXy1Oot4]

Seis unidades foram utilizadas para as filmagens sendo que o último, a versão totalmente convertida em submarino não era reversível para andar na terra. O veículo ficou guardado num galpão por anos, graças a aluguéis pagos antecipadamente por dez anos. Quando as mensalidades não foram mais pagas, o contêiner em que ele estava foi arrematado em 1989 num leilão cego, por míseros 100 dólares. Recentemente ele foi novamente vendido, e um comprador anônimo pagou US$ 866.000,00 nele.

Agora foi revelado que o novo dono do carro é ninguém menos que Elon Musk, que é um fã do Lotus Esprit retratado no filme como tantos outros mundo afora, porém com bala na agulha para levá-lo para casa (se bem que ele nem saiu tão caro assim, talvez por não ser mais um carro de verdade). Entretanto qual não foi sua decepção ao descobrir que o carro é um submarino apenas, ele não se converte de volta num carro.

Só que isso não é problema para alguém que vira e mexe é comparado a Tony Stark. Através de uma nota divulgada pelo seu setor de relações públicas, ele disse o seguinte:

"Foi incrível para um garoto da África do Sul assistir James Bond conduzir seu Lotus Esprit para um pier, apertar um botão e transformar o carro num submarino. Eu fiquei desapontado ao descobrir que ele não pode se transformar. O que eu vou fazer é atualizá-lo com um motor elétrico da Tesla Motors e tentar fazê-lo se transformar de verdade."

Pois é. Musk não só pretende transformá-lo num submarino capaz de navegar de verdade, como torná-lo um veículo completamente funcional tal como ele foi exibido no filme. É bem provável que uma empreitada dessas custe uma boa quantidade de dinheiro mas sinceramente, para alguém que criou a SpaceX, deu a ideia do Hyperloop e está desenvolvendo uma tecnologia de prototipagem em 3D e realizando testes incríveis com o Grasshopper, fazer um carro-submarino é troco de pinga, desde que possível. Mesmo que saia mais caro do que o valor que ele pagou no Esprit, ainda será um valor pequeno para realizar um sonho de infância e matar todos os fãs do 007 de inveja por tabela.

Fonte: Register.

relacionados


Comentários