Meio Bit » Baú » Demais assuntos » Nova toxina botulínica descoberta, sem tratamento ainda

Nova toxina botulínica descoberta, sem tratamento ainda

A toxina botulínica do tipo H é a oitava a ser detalhada por cientistas; ela pode causar botulismo em humanos, que causa paralisia e pode ser fatal.

15/10/2013 às 16:45

Botox

Um novo tipo de toxina botulínica, considerada a substância mais tóxica existente, foi descoberta nas fezes de uma criança (não quero nem imaginar do que ela se alimentava). A toxina botulínica do tipo H é a oitava a ser detalhada por cientistas; ela pode causar botulismo em humanos, que causa paralisia e pode ser fatal.

Pessoas com botulismo geralmente são tratadas com anticorpos, mas os pesquisadores ainda não conseguiram desenvolver nenhum que seja eficiente contra o tipo H.

Normalmente o sequenciamento do DNA de uma nova toxina é disponibilizado em uma base de dados pública, mas como não há tratamento efetivo ainda, existe a preocupação de que ela seja utilizada como arma biológica.

Por causa disso, a equipe responsável pela descoberta está mantendo o sequenciamento em segredo.

Antes que os teóricos da conspiração comecem a reclamar, apesar de muito tóxica, o perigo de uma epidemia de infecção sem interferência humana é muito baixo. Além disso, a possibilidade se ser utilizada como arma tem precedentes, já que um grupo terrorista japonês já tentou um ataque do tipo nos anos 90.

A reação da comunidade científica tem sido positiva. David Hopper, especialista em doenças infecciosas, afirma que uma exceção como essa é apropriada, já que não haveria como defender-se no caso de uso malicioso.

Por outro lado, existe a preocupação de não tornar isso um hábito, já que seria um problema para o avanço da ciência. Os pesquisadores estão trabalhando para desenvolver anticorpos que combatam o tipo H antes de publicar todos os detalhes da toxina.

Fonte: The Verge

Leia mais sobre: .

relacionados


Comentários