Meio Bit » Baú » Internet » Yahoo Mail tornará padrão navegação segura via SSL em janeiro de 2014

Yahoo Mail tornará padrão navegação segura via SSL em janeiro de 2014

Com alguns anos de atraso, o Yahoo Mail, serviço de e-mail mais utilizado nos Estados Unidos, tornará padrão a navegação segura aos seus usuários em 2014.

15/10/2013 às 7:30

https

Não sei vocês, mas eu tenho uma dependência dos serviços de e-mail inacreditável. Quando o Gmail fica fora do ar, mesmo que por alguns minutos, uma sensação estranha de impotência me abala consideravelmente. Afinal, sem ele (e alguns outros serviços), não sou capaz de trabalhar e a Internet acaba se tornando quase que um grande elefante branco. E, quando um determinado serviço (seja ele da empresa que for) é muito utilizado, esperamos que, além de sempre disponível, ofereçam as mais variadas opções para alcançarem o maior público possível. Contudo, em 2013, me surpreendi com alguns anúncios que, na minha opinião, se deram com alguns anos de atraso.

O primeiro deles foi no final de julho, quando o Facebook anunciou que, dois anos após disponibilizar como opção aos usuários, tornaria a navegação na rede social segura através de TLS. Em setembro, foi a vez da Microsoft revolucionar os serviços de e-mail ao anunciar que o Outlook.com ganharia suporte a IMAP e OAuth. No final de setembro, a rede social de Zuckerberg surpreendeu a todos novamente introduzindo a fantástica opção de edição de postagens e comentários no aplicativo para Android.

No começo deste ano, o Yahoo Mail resolveu disponibilizar a opção de os usuários ativarem a navegação segura via SSL no seu serviço de e-mail e, nesta segunda-feira, a empresa anunciou que adotará, em janeiro de 2014, a conexão com criptografia padrão aos usuários do serviço. “O Yahoo leva a segurança de nossos usuários muito a sério”, disse a empresa ao The Washington Post. Imagina se não levasse.

Fazendo uma rápida retrospectiva, o Gmail oferece navegação segura como opção desde 2008 e, como padrão, desde 2010. No Hotmail/Outlook.com, a navegação segura é opcional desde 2010 e se tornou padrão em 2012, quando o serviço mudou de nome. Em um momento em que o mundo se vê diante de tantas denúncias de espionagem do governo dos Estados Unidos, o Yahoo Mail, serviço de e-mail mais utilizado no país de primeiro mundo, sequer oferecia o mais básico dos sistemas de segurança aos seus usuários. Seria cômico se não fosse trágico.

relacionados


Comentários