Meio Bit » Arquivos » Internet » Está liberado! Twitter permite que usuários recebam DMs de qualquer seguidor

Está liberado! Twitter permite que usuários recebam DMs de qualquer seguidor

Novidade permitirá que os usuários do Twitter recebam DMs de qualquer um de seus seguidores, não havendo mais a necessidade de segui-los para isso.

07/10/2013 às 21:45

twitter_dm_qualquer_seguidor

Se você tem um perfil no Twitter (sim, há quem não tenha), muito provavelmente já se viu querendo enviar uma mensagem privada para alguém, mas, por uma infelicidade do destino, a pessoa não te seguia. Logo, ferrou-se-se. Ou você arrumava outro meio para falar com a pessoa, ou mandava um tweet pedindo para ela te seguir. Já fiz isso e não é nada agradável. Para a felicidade de todos, o Twitter resolveu liberar, aos pobres mortais, uma configuração até então restrita aos perfis verificados: a possibilidade de receberem DMs de qualquer usuário, bastando que ele siga o destinatário da mensagem.

Então, a partir de agora, todo mundo poderá acessar as configurações do perfil e liberar o recebimento de DMs de qualquer seguidor. Caso se sinta invadido (êpa!), o usuário poderá desfazer a marcação e voltar a receber mensagens diretas exclusivamente dos seus seguidos. Como não há um indicador no perfil do usuário de que ele está habilitado para receber DMs de qualquer seguidor, você terá que chutar para ver se faz o gol. Se utilizada, pelos usuários, com moderação, a novidade é muito bem-vinda e facilitará o contato de pessoas (muitas vezes) desconhecidas. Mas, como há abuso em qualquer lugar, realmente caberá a cada usuário avaliar o quão benéfico é o novo recurso e decidir se vale a pena ou não deixá-lo ativado.

Essa nova opção do Twitter é bem parecida com aquela opção “Outros” que tem dentro das mensagens do Facebook. Mas, diferente do que ocorre na rede do Markinho, onde o usuário nunca é avisado de novas mensagens, no caso das DMs, as notificações de novas mensagens diretas será feita normalmente.

Fonte: Dicas Twitter.

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários