Meio Bit » Baú » Fotografia » Servidor da Adobe é invadido e dados de 2,9 milhões de clientes são acessados

Servidor da Adobe é invadido e dados de 2,9 milhões de clientes são acessados

Adobe informa que teve um de seus servidores hackeados e que criminosos tiveram acesso a dados de 2,9 milhões de clientes além do código fonte de 3 de seus aplicativos.

04/10/2013 às 0:24

adobe

Semana passada eu levei um susto. Três dos quatro blogs que gerencio foram invadidos e uma mensagem zombeteira dizendo que o servidor da hospedagem não era seguro ficou piscando no lugar de cada site. Dois dias de dor de cabeça para resolver tudo. Se um pequeno site invadido já é um problemão, imagina um dos servidores de uma das maiores empresas de produção de software do mundo. A Adobe anunciou ontem que um de seus servidores foi invadido e dados criptografados de 2,9 milhões de clientes foram acessados. A empresa não informa qual o tipo de criptografia utiliza, mas garante que mesmo que todos os dados tenham sido copiados não há como acessar números de cartão de crédito por estarem protegidos. Creio que essa declaração da empresa não vai gerar muita confiança em seus clientes.

Por outro lado, existem coisas mais preocupantes para todos e não só para clientes cadastrados no serviço da Adobe. Nessa invasão, fora os dados de clientes, existe a suspeita de que os hackers puderam acessar o código fonte de pelo menos 3 aplicativos desenvolvidos pela empresa: Acrobat, ColdFusion, e ColdFusion Builder. Eu fico muito feliz em perceber que o código fonte do Acrobat, um leitor de PDF que está instalado em uma quantidade absurdamente grande de computadores espalhados pelo mundo possa estar na mão de criminosos.

Existe uma grande vantagem em ter arquivos disponíveis na nuvem para podermos acessar em qualquer lugar, mas serviços e softwares que rodam nos servidores das grandes empresas sempre vão ser alvos para esse tipo de crime. Ou seja, se correr o bicho pega, se ficar o bicho come.

Fonte: techcrunch

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários