Meio Bit » Baú » Games » Estudante cria jogo baseado na vida de Anne Frank

Estudante cria jogo baseado na vida de Anne Frank

Estudante alemão cria jogo que usa a vida de Anne Frank para contar um pouco do holocausto.

01/10/2013 às 13:00

anne-frank

Nós já vimos em outras ocasiões que ter o holocausto como tema em um jogo é algo que pode causar alguma polêmica, mas isso não parece ter assustado o estudante alemão Kira Resari.

Inscrito no curso de game design da Macromedia College em Munique, o protótipo criado pelo rapaz retrata um dia da vida de Anne Frank, a judia que foi imortalizada por seu diário e caberá ao jogador aproveitar a experiência para interagir com a irmã da garota, seus pais e até com os van Pels, a família que ajudou Anne a se esconder dos nazistas.

Não se trata realmente de nos divertimos,” explicou Resari. “Ao invés da ação, eu queria criar emoções. Como seria a senação de viver em 50 m² com sete pessoas e um gato? O jogo coloca especial ênfase nas relações sociais.

Mesmo não abordando os últimos momentos de Anne, passados no campo de concentração de Auschwitz, onde morreu de tifo, o jogo tenta retratar o quanto a garota sofreu, nos fazendo realizar tarefas que seriam corriqueiras numa situação normal, como por exemplo pegar um saco de batatas localizados no sótão, mas e se ela cair e fizer barulho? Será que os vizinhos não entregarão a família?

O autor afirma que não pretende comercializar o jogo e como ele bem disse, “muitos pensam que os jogos são em primeiro lugar um entretenimento, mas eles podem ser mais do que isso. Eles podem facilitar a empatia.” Além disso, Resari deixa uma questão que deveria ser refletida por todos: “Se os filmes e livros podem abordar temas difíceis, porque eles deveriam ser proibidos nos games?

Fonte Deutsche Welle.

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários