Meio Bit » Baú » Games » Dan Houser fala sobre o futuro da série Grand Theft Auto

Dan Houser fala sobre o futuro da série Grand Theft Auto

Rockstar prega humildade ao falar sobre futuro da série Grand Theft Auto e diz que retorno financeiro não é importante, mas sim levar criatividade aos games.

20/09/2013 às 14:30

grand-theft-auto-v

Esta semana o mundo viu a chegada daquele que poderá se mostrar o maior lançamento da indústria do entretenimento e mesmo com as previsões de que o Grand Theft Auto V poderá gerar US$ 1 bilhão apenas no primeiro mês, um dos principais nome da Rockstar, Dan Houser, foi bastante humilde ao ser questionado se a franquia continuará relevante.

Espero que sim. Nós, como uma companhia, temos tentado não nos envolver nesse tipo de discussão. Você sabe, não é um tipo de esporte, não estamos envolvidos em uma competição com as pessoas. Estamos tentando fazer algo que esperamos será muito divertido e que algumas pessoas achem fantástico e incrível e amem de verdade, isso faria com que as pessoas invistam algum dinheiro.

O resto sempre foi algo do qual tentamos nos distanciar e nosso desafio sempre foi criativoi. Estamos tentando levar os videogames adiante em nossa limitada habilidade. Não estamos tentando fazer nada mais do que isso.

Em se tratando de um dos nomes mais fortes da indústria, tal declaração pode ser considerada até como comedida demais, afinal ninguém espera que um GTA venda pouco, mas o que realmente me questiono - e no fundo até acho ser verdadeiro - é essa postura de que a Rockstar não liga muito para o resultado comercial de uma de suas produções.

Usando as próprias palavras de House, “os méritos ou deméritos dos jogos deveriam ser apenas em relação as suas forças e fraquezas criativas… e não sobre a quantidade de dinheiro que eles podem render,” e como estamos falando de um grande estúdio que não costuma lançar mais do que um título por ano, acho que o executivo está sendo sincero ao afirmar que a Rockstar não olha para os games da mesma maneira que Hollywood trata seus filmes.

Fonte: Polygon.

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários