Meio Bit » Baú » Hardware » Venda de discos de vinil cresce 745% na Amazon, mas não é a salvação da música

Venda de discos de vinil cresce 745% na Amazon, mas não é a salvação da música

As vendas de discos de vinil (pergunte para seu pai, melhor dizendo, para seu avô) cresceram 745% desde 2008 e são atualmente a mídia de música mais vendida na Amazon.

17/09/2013 às 21:00

Vinil

Esse argumento vai ao encontro daqueles que defendem que ainda há muitos interessados em mídia física: as vendas de discos de vinil (pergunte para seu pai, melhor dizendo, para seu avô) cresceram 745% desde 2008 e são atualmente a mídia de música mais vendida na Amazon.

O vinil também é popular no AutoRip, que permite baixar cópias em MP3 do que é comprado em discos de vinil ou CDs.

Agora a má(?) notícia: a venda de vinis representa apenas 2% do mercado de música. Apesar do crescimento em 2012 ter atingido 29%, são 29% de muito pouco.

Uma das razões apontadas para o aumento da fatia de mercado dessa mídia é exatamente o declínio nas vendas de outros formatos. Os downloads andam devagar e o CD é quase uma peça de museu.

A indústria da música aponta que o crescimento dos sites de assinatura, como Rdio e Spotify, além das rádios web como Pandora, são os responsáveis pelo declínio.

Faltou só encaixar os downloads ilegais como vilões, mas parece que isso já não cola tanto em uma época em que é bem mais fácil pagar uma assinatura barata e ouvir o que quiser em qualquer dispositivo, em qualquer lugar.

Voltando à Amazon, ela ainda não entrou no mercado de assinaturas, o que explica mais ainda o aumento de margem do vinil. Sem contar o nicho que jura de pés juntos que discos de vinil tem qualidade superior e não abrem mão.

Fonte: The Verge

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários