Meio Bit » Baú » Games » Crianças chinesas aprenderão com a ajuda do Angry Birds

Crianças chinesas aprenderão com a ajuda do Angry Birds

Rovio anuncia programa que usará marca Angry Birds para melhorar o aprendizado de crianças.

17/09/2013 às 10:00

angry-birds

Algumas pessoas gostam de apontar o dedo para a Rovio e a acusar de ser uma empresa que só sabe sugar o máximo que pode da sua grande criação, a franquia Angry Birds e embora isso não deixe de ser verdade, os finlandeses parecem ter encontrado uma forma de usar sua popularidade para ajudar na educação.

Através de uma parceria com a Universidade de Helsinki e usando como base a grade curricular da Finlândia, a desenvolvedora anunciou um programa chamado Angry Birds Playground, que visa melhorar o ensino das crianças que estejam no jardim de infância, onde aprenderão matérias como música, interação social, educação física, matemática, ciência, línguas e artes.

Não é apenas sobre games que estamos falando aqui: É uma aproximação em 360 graus ao aprendizado, onde o jogos são apenas uma parte disso. Não se trata de aprender ao sentar e jogar com um dispositivo digital,” explicou Sanna Lukander, vice-presidente de aprendizado e publicação de livros na Rovio. “Há essência nisso e um saudável equilíbrio entre descansar, jogar e trabalhar. Sentimos que é necessário conversar sobre nutrição saudável e exercícios físicos como parte dessa abordagem ao aprendizado, equilíbrio e bem-estar.

Atualmente o programa está em funcionamento em uma escola de Xangai e com ele as crianças ganharam uma série de materiais de apoio, como livros, um instrumento de cordas, jogos físicos e claro, conteúdo digital e a promessa é de que a Universidade de Helsinki continue apoiando o projeto, seja treinando professores ou aperfeiçoando o conteúdo que é passado aos alunos.

Talvez você ache estranha essa aproximação, mas saiba que a Rovio já trabalhou com a NASA, a National Geographic e o CERN na produção de livros e materiais educativos tendo a marca Angry Brids como tema e de acordo com Lukander, a empresa possui especialistas em educação trabalhando com eles e essa ideia não se trata de licenciarem a marca, já que eles não seriam mais uma companhia voltada aos games, mas sim ao entretenimento e como tal, possuem um braço na educação.

Na minha opinião, qualquer tipo de iniciativa que vise melhorar o ensino deve ser sempre elogiada e como vivemos em um país onde a educação é tão maltratada, acho que seria muito legal se houvesse algum tipo de parceria que pudesse trazer o Angry Birds Playground para as crianças brasileiras.

Fonte: Apps Blog.

Leia mais sobre: , , , , .

relacionados


Comentários