Meio Bit » Baú » Internet » Detonando o Hamas em 140 caracteres

Detonando o Hamas em 140 caracteres

02/01/2009 às 16:01

É impressionante. Enquanto aqui projetos como o do Senador Azeredo tratam usuários de Internet como criminosos, enquanto qualquer novidade tecnológica é vista com medo e desconfiança (celular dá câncer, WIFI faz meu filho espirrar) países com mais tradição tecnológica abraçam as novas ferramentas sem medo.

Vejam por exemplo o último fuzuê em Israel; enquanto parte dos diplomatas tratam com a imprensa pelas vias tradicionais, um outro grupo, no Consulado de Israel em Nova York decidiu experimentar algo mais "social": Uma coletiva de imprensa (na falta de nome melhor) via... Twitter.


meu twitter-fu é maior que o seu, infiel!

Leitores podiam fazer perguntas e receber respostas na hora, e fora os tradicionais trolls, o evento foi muito bem produtivo, o pessoal do Consulado economizou palavras (é parte da cultura, Mazel Tov!) mas respondeu direitinho, em 140 caracteres.

A idéia veio do grupo que toca o Blog do Consulado de Israel, o que por si só já é uma boa sacada em termos de relações públicas.

As perguntas e respostas podem ser vistas neste post do blog do Consulado, e em outros.

Fonte: Ars Technica

relacionados


Comentários