Meio Bit » Baú » Hardware » PC Frank 2009 - Novo hardware para novas necessidades

PC Frank 2009 - Novo hardware para novas necessidades

31/12/2008 às 20:25

O próximo ano é o da virtualização e obviamente, desde que comecei a escrever essa série, desde 2006, tenho compartilhado os upgrades e montagens da máquina que uso tanto para fins profissionais quanto para games.

Chegou a hora do upgrade do bom e velho PCFrank 2006:

Placa-mãe: Asus P5W DH Deluxe (Intel 975X)

24-12-2008 13-27-46

Foi uma das melhores compras que fiz no final de 2006 e portanto, será mantida como a base do sistema. A placa tem uma boa longevidade por aceitar desde os primeiros Core 2 Duo 65nm até os mais recentes Core 2 Quad 45 nm. Com isso ela abrange toda a linha de processadores da Intel até o Core i7. Mas fica um alerta: é preciso alterar manualmente a voltagem de alguns componentes, como o Northbridge, Southbridge e RAM para ganhar estabilidade.

Além disso, ela tem bom suporte a gerenciamento de energia e controle de overclock. Monitora automaticamente a temperatura e suporte a RAID 0, 1 e 10.

O EZ-Backup, é o RAID plug-and-play: sem drivers, sem configurações de sistema, nada. Tudo feito pelo chip da placa-mãe. Há uma perda de 10-15% na performance comparado com o RAID nativo, mas para quem não quer nem saber de lidar com drivers e quer RAID agnóstico em relação ao sistema operacional, é a melhor saída.

Ela ainda vem com som integrado HD (o que me surpreendeu, por ser Realtek), wi-fi, controle multimídia remoto, 8 portas USB, firewire, e-sata, 4 x sata, 2 x ultradma e ainda com duas entradas internas de vídeo para Crossfire.

Processador: Core 2 Duo E6600 65nm => Core 2 Quad Q9550 45nm

core2_quad_q9550 Com o preço dos processadores subindo, foi uma compra de oportunidade. O Core 2 Quad não é a melhor opção para games ou quem está usando o Windows XP, mas certamente é um boa opção para quem trabalha com multimídia ou usa muitos aplicativos ao mesmo tempo. Eu sou o segundo caso. Ele irá rodar entre 2 e 4 máquinas virtuais, para simular ambientes de aplicações distribuídas.

Eu poderia ter comprado o Core 2 Quad Q9660 65nm, mas preferi pelo chip com processo de fabricação mais recente e também dissipa menos calor. Mesmo com o clock a 2.83GHz, ele fica em 95W contra 105W a 2.40GHz.

O Core 2 Duo E6600 é um excelente processador e segura bem o tranco até 2 máquinas virtuais. Vou aproveitá-lo no upgrade de outro equipamento.

Um Core i7 920 supera em performance o processador escolhido. E o preço no Brasil é o mesmo. O problema é que as placas-mãe disponíveis custam o equivalente ao preço do processador + 4GB de RAM de marca. O preço é proibitivo para quem vive em Terras Brasilis.

Memória: 4GB => 8GB

Talvez o mais importante upgrade, por causa da quantidade de máquinas virtuais sedentas de memória e aplicações. Já existem placas-mãe com suporte a mais memória e é o que veremos nos próximos anos. Em 2 ou 3 anos, 3GB de RAM será o padrão de entrada. Como a memória está ficando ridiculamente barata a cada ano, será normal ver PCs com 12GB. Hoje já são vendidas placas-mãe para desktop com suporte a até 24GB de RAM. Lembre-se que isso já foi memória de supercomputadores que calculavam simulações de armas nucleares. O PCFrank 2010 provavelmente nascerá com 12-16GB de RAM.

Sistema Operacional: Windows XP => Windows Vista 64

O momento da computação de 64 bits chegou. A estabilidade dos drivers e a performance em aplicações nativas e mesmo as que rodam Windows on Windows (WOW – o modo de compatibilidade 32/64 bits da Microsoft) é bastante satisfatório e em algumas aplicações, os ganhos de performance são notáveis. A segurança e o melhor gerenciamento de memória e dos processos também darão um sopro de vida no já cansado Windows XP, meu SO padrão.

Armazenamento: 1,5 TB => 1,65 TB

Atualmente tenho bastante espaço, em vários discos. Mais um disco será adicionado, mas dessa vez, um Western Digital Raptor de 150 GB. O que ele não tem de capacidade de armazenamento, ele supera de longe em performance e confiabilidade. A linha Raptor e Velociraptor são na verdade HDs para servidores de 10.000 rpm, trazidos para o desktop. O MTBF é de 1.2 milhões de horas e ele possui performance superior em todos os quesitos.

Vídeo: eVGA GeForce 8800 GT 512 => Radeon 4870 512MB DDR5

Estou muito satisfeito com a 8800, mas a Radeon foi uma compra de oportunidade. Sabe como é, parente-que-vem-dos-EUA e pergunta se precisamos de algo. Rápida pesquisa de preços, performance e upgrade. O motivo de uma placa de games? Vocês acham que eu iria, numa máquina poderosa dessas, rodar só aplicativos chatos, bobos e bonitos (eu mostro os componentes em outro post).

Resumo

Intel Core 2 Quad Q9550 45nm
Asus P5W DH Deluxe
2 x G.SKILL PI Black 4GB (2 x 2GB)
Radeon 4870 512MB DDR 5
1.65 TB de Armazenamento
Fonte Thermaltake 600W

Até 2009 e Boas Entradas!

relacionados


Comentários