Meio Bit » Baú » Games » O que falar sobre o PS3?

O que falar sobre o PS3?

16/12/2008 às 9:57

Como muitos de vocês já devem saber, no último final de semana eu adquiri um Playstation 3. Mesmo já tendo expressado minha vontade em comprar o videogame antes, tenho que admitir que isso não estava em meus planos curto prazo, mas como surgiu a oportunidade, acabei aproveitando.

Depois de fazer a instalação, parti para a criação da conta na PS Network, fiz a atualização do sistema e comecei a fuçar no aparelho. A princípio não tive muitas dificuldades em utilizar a dashboard do sistema, popularmente conhecida como XMB. Mesmo sendo bastante intuitiva, a tarefa foi facilitada pois já possuo um PSP e o funcionamento é idêntico, apenas com a adição de algumas funcionalidades.

dori_ps3_16.12.08

Tratei então de correr para a loja online para fazer o download de alguns demos de jogos exclusivos do PS3. Após testar o Resistance, MotorStorm, Uncharted e Warhawk, senti vontade de comprar apenas os dois últimos. Uncharted pois o jogo parece realmente fantástico. Ótima jogabilidade, gráficos lindos e no final do demo aquele sentimento de que “queria continuar jogando”. Já o Warhawk me chamou a atenção pelo multiplayer divertido. Para mim a decepção ficou por conta do Resistance. Ao menos no demo achei o jogo bastante genérico, com gráficos aquém das minhas expectativas.

Por outro lado, tenho que tirar o chapéu para as capacidades multimídia do console. Nesse quesito, sinto informar aos donos de um Xbox 360, mas o videogame da Sony se sai melhor. Embora o videogame da Microsoft também possua capacidade de executar músicas e filmes, realizar tal tarefa no PS3 me pareceu bem mais simples. O console enxerga os arquivos presente em qualquer dispositivo de armazenamento que utilize a porta USB e algo que me deixou fascinado foi a possibilidade de executar Divx com legendas, coisa que o 360 não faz. O simples fato de permitir a troca do HD por uma versão maior sem muitas dificuldades já credencia o PS3 como a melhor central de mídia, sem falar na já conhecida capacidade de rodar Blu-ray (que ainda não testei por falta de tempo).

Outro ponto onde a Sony soube se sair melhor do que a Microsoft é em relação a venda de jogos completos através de sua rede. Com o Playstation 3 o jogador pode fazer a compra de versões inteiras de certos títulos. Embora a quantidade não seja muito grande, pelo menos eles existem, enquanto que no Xbox 360…

dori_ps3_16.12.08_2 Aproveitei também para dar uma olhada na recém lançada Home. Já na entrada é comum existir um misto de emoções. Após criar o nosso avatar, somos “jogados” no nosso apartamento. Não sei se o local é aleatório, mas o meu é um prédio na beira de uma bela praia, com vários barco ancorados no melhor estilo do principado de Mônaco. Logo pensei: Poxa! Isso aqui é muito legal! Após alguns minutos a empolgação passou e vi que não há muito a se fazer na Home. Algo que incomoda é que para todo lugar que você tenta ir é solicitado um download de várias dezenas de MB, o que acaba enchendo um pouco o saco. Pelo menos esses downloads são feitos apenas uma vez.

É nítido que o serviço está inacabado e que se parecesse muito com o famigerado Second Life, mas consegui enxergar algum potencial no brinquedo e no futuro é possível que ele se torna mais interessante. A idéia de podermos ter uma casa virtual decorada a nosso gosto e que possa ter alguns dos troféus conquistados nos games é interessante, só espero que a Sony d~e um acabamento mais “atrativo” à Home.

Não posso deixar de citar também a ótima recepção que tive por parte dos donos de um PS3. Todas as pessoas que me adicionaram a suas listas de amigos me deram boas vindas e fui muito bem tratado. A propósito, quem quiser me adicionar, minha PSN ID é dori_prata, ok?

No geral, gostei bastante do videogame, mesmo tendo me interessado menos do que achava que me interessaria por alguns exclusivos.

relacionados


Comentários