Meio Bit » Baú » Fotografia » Canon assinala com crise no setor fotográfico para o próximo ano

Canon assinala com crise no setor fotográfico para o próximo ano

06/12/2008 às 2:06

A maior fabricante de câmeras fotográficas do mundo (pelo menos até o próximo balanço), a Canon, está antevendo uma crise no setor para o próximo ano. Em recente comunicado, a empresa anunciou que vai cortar 1.200 funcionários de suas fábricas no Japão já no início do próximo ano. Ao que parece, a empresa está sentindo a crise econômica mundial que começou com a quebra do mercado imobiliário americano. Em resposta a esse anúncio, as ações da empresa fecharam o pregão da bolsa de valores com queda de 3%.

Esse comunicado apenas vem complementar as notícias da semana passada quando a empresa já estava prevendo que o mercado de câmeras fotográficas vai se retrair em 2009. Embora o saldo desse ano ainda vá ser extremamente positivo, a crise econômica já causou uma queda no mercado global de câmeras que movimenta em torno de 40 bilhões de dólares por ano. O interessante é que a Nikon e Sony ainda mantém as suas previsões positivas para o próximo ano. Independente das previsões se concretizarem ou não, a Canon prevê o corte 1 bilhão de dólares de custo até o ano de 2010.

Pode parecer esquisito o que vou dizer, mas esse tipo de crise é até positiva para o consumidor. Isso força as empresas a se tornarem mais eficientes para manter a taxa de lucro estável. Processos são mecanizados e novas tecnologias mais baratas são criadas. Ao final, só quem agüentar o rojão é que vai sobreviver e oferecer equipamentos com preços mais baixos. Quem viver verá.

relacionados


Comentários