Meio Bit » Baú » Games » Windows 7 WARP: gráficos sem placa de vídeo

Windows 7 WARP: gráficos sem placa de vídeo

04/12/2008 às 5:10

Uma das novidades reveladas para o Windows 7 é o Windows Advanced Rasterization Platform, ou WARP, que fará uso da CPU para exibir gráficos, mesmo games 3D. Para se ter uma idéia, a Microsoft testou inclusive o Crysis e postou os resultados.

É óbvio que a intenção não é substituir placas de vídeo, que são muito eficientes, especializadas e possuem inúmeras vantagens como memória dedicada, barramento e um zilhão de processadores paralelos. O problema é quando uma delas falha por causa por qualquer motivo e o usuário fica chupando dedo até comprar uma placa nova, ou mesmo incapaz de acessar o computador para acessar a internet e pesquisar uma solução, que pode ser um upgrade de firmware.

Além disso, uma nova geração de CPUs chegou e pede licença. Os processadores AMD Phenom, Core 2 Quad “Penryn”, iCore 7 e futuras gerações de CPUs farão um trabalho ainda melhor em auxiliar nas tarefas de renderização gráfica ou substituir temporariamente uma placa de vídeo defeituosa. Pense numa empresa com algumas centenas de desktops e placas de vídeo falhando, de tempos em tempos. O usuário não ficará mais sem acesso ao equipamento.

Quem usa notebooks poderá usar a própria CPU com uma boa economia de energia, já que os chips gráficos são conhecidos como verdadeiros matadores de autonomia quando o computador está apenas na bateria.

E o WARP está sendo construído como uma extensão do DirectX 10, não exige MMX, SSE ou SSE2, mas rodará otimizado quando encontrá-los e tirará proveito das novas instruções SSE4.1. Ele terá suporte a recursos gráficos avançados com hardware mínimo sendo uma CPU de 800MHz e 512MB de RAM.:

- Fully supports all Direct3D 10 and 10.1 feature
- Fully supports all the precision requirements of the Direct3D 10 and 10.1 specification
- Supports Direct3D 11 when used with FeatureLevel 9_1, 9_2, 9_3, 10_0 and 10_1
- Supports all optional texture formats, such as multi-sample render targets and sampling from float surfaces.
- Supports anti-aliased, high quality rendering up to 8x MSAA.
- Supports anisotropic filtering
- Supports 32 and 64 bit applications as well as large address aware 32 bit applications.

O público-alvo dessa tecnologia, segundo o artigo no MSDN são gamers casuais, que podem se beneficiar do poder extra oferecido pela nova geração de CPUs, aplicações comuns que poderão usar a aceleração gráfica e renderização avançada de games. Esse último eles mencionam especialmente os desenvolvedores de games, para testar se artefatos, diferenças e defeitos em seus jogos são resultado da programação do jogo ou de drivers de fabricante.

4-12-2008 02-55-11

Repare que um processador Quad Core Penryn supera em performance o vídeo onboard da própria Intel, o que confirma o quão patético é a performance deles para aplicações 3D. E se a AMD conseguir, de fato, lançar o Fusion em 2011, já terão uma base instalada para fazer uso da tecnologia e que o vídeo onboard descanse em paz.

Fonte: Windows Advanced Rasterization Platform (WARP) In-Depth Guide, Tomshardware

relacionados


Comentários