Meio Bit » Baú » Hardware » Modem Vivo Zap 3G - teste rápido

Modem Vivo Zap 3G - teste rápido

01/12/2008 às 15:52

Modens GPRS para computadores eram mais raros que dentes em galinha, e exigiam gambiarras diversas para funcionar, mas pelo visto isso é passado. A experiência de uso de modems 3G hoje é no mínimo prazerosa, como jamais esperaria.

Esse foi o termo que achei mais adequado para descrever a experiência de testar um modem 3G da Vivo. E olha que tenho uma ceeeeerrrrrta implicância com a empresa.

O modem

Produzido pela Huawei, o modem USB é do tamanho de um pendrive. Pesado, de boa aparência, mas sem a cara daqueles penduricalhos que vemos nos modelos antigos. Há três conexões fora a óbvia USB: Um compartimento para o SIMCARD, um conector para antena externa e um slot microSD.

Isso mesmo, o modem também funciona como pendrive.
Na caixa do produto há uma extensão USB, recomendável pois deixa o modem menos suscetível a danos caso algum infeliz esbarre e entorte o bicho dentro da porta USB de seu notebook.


A Instalação

Esse foi meu maior medo. Estou com o Mac, e convenhamos não é exatamente toda empresa brasileira que prioriza –ou sequer toma conhecimento- qualquer coisa que não seja Windows.
Espetar o modem compreensivelmente não fez nada, como é comum em Macs. O Windows é que adora cacarejar que algo foi espetado em um de seus orifícios, alardeando tal ato com a presteza de uma adolescente assanhada.

Abrindo o Finder dou de cara com o dispositivo montado como um disco externo E dois arquivos:


Isso mesmo, o modem disponibiliza um disco em formato OSX, com um PDF específico em português E um programa de instalação dos drivers!
Inserido um PIN de habilitação do modem, a instalação é concluída. No ícone de conexões na barra superior do OSX surge uma nova opção:

Selecionando-a o modem disca, monta uma conexão Internet como a boa e velha discada (mas em velocidade 3G, onde disponível). Antes de perceber já estamos navegando.

Em meu teste consegui velocidade de 75Kbps, o que parece pouco –e é- se considerarmos velocidade 3G, mas é bem rápido se levar em conta que estou literalmente no meio do nada. Aqui a telefonia celular chegou faz pouco mais de um ano, é EDGE e olhe lá. O ponto de referência mais significativo em um raio de 20Km é o Sitio do Pica-Pau Amarelo, e quando é preciso apelar para a ficção para se localizar, a situação é dramática.

Dependendo do pacote escolhido o modem sai até de graça, mas é bom lembrar que as operadoras de telefonia redefiniram o conceito de ilimitado, assim o plano sem limite da vivo na verdade trabalha com um teto de 2GB/ mês, após esse consumo há uma redução na velocidade de transmissão.

Em São Paulo a Vivo está trabalhando com os seguintes preços:

Não creio que seja algo que vá substituir sua banda larga, exceto em lugares como aqui em São Francisco Xavier, onde um link WIFI de 128Kbps custa mais de R$100,00 e não há alternativa de banda larga via cabo. Como muito provavelmente a velocidade reduzida da banda de 2GB é maior do que 128Kbps, já se sai no lucro.

Conclusão

O modem 3G da Vivo funcionou muito melhor do que eu imaginava (eu disse que não gosto da Vivo?) e os preços estão bem razoáveis, para quem tem necessidade extrema de mobilidade. Dados os custos aleatórios de Internet em hotéis e aeroportos, e as horrendas experiências que sempre tive com a Vex (não usem, fujam, corram para as montanhas) posso dizer que o acesso na modalidade oferecida é bem atraente, ainda mais com a cobertura disponível.

Agradecimentos à Liliana por ter cedido o modem para testes

Nota: Infelizmente o suporte da Vivo não compartilha da mesma qualidade do produto/serviço. Questionados sobre procedimentos para instalação em um Macintosh primeiro os atendentes alegaram desconhecer o que seria um Mac, depois deram a seguinte solução: “Instale Windows”.

relacionados


Comentários