Meio Bit » Baú » Demais assuntos » Apple colaborando com o estereótipo de frutinhas

Apple colaborando com o estereótipo de frutinhas

24/11/2008 às 18:43

Nós usuários Apple já sofremos diariamente com piadinhas, insinuações e gracinhas, questionando nossa sexualidade. Normalmente eu diria que é coisa de DES-PEI-TA-DOS, mas quando a própria empresa que já teve uma maçã-arco-íris como símbolo parece jogar contra (ou a favor) fico cá com minhas dúvidas.

sexyapple O exemplo mais recente foi o banimento da iTunes Store do Wallpaper Universe, um programinha para iPhone que dava acesso a milhares de imagens de fundo para o iPhone.

O problema é que uma das categorias, babes, trazia imagens sensuais de moças damas com pouca roupa, lingerie e outros trajes inadequados para os defensores da moral e dos bons costumes, como o cidadão exemplar, careta e pai exemplar Steve Jobs.

Sendo assim, por cometer o terrível crime de mostrar moças de calcinha, a aplicação foi sumariamente removida da App Store do iTunes.

A Apple havia prometido manter o iPhone livre de material pornográfico, e pelo visto a definição deles é bem abrangente. A questão é: Será que algum dispositivo de entretenimento consegue sobreviver sem o conteúdo adulto? Lembrem-se, a pornografia foi responsável, sozinha, pelo florescimento dos videos-K7. Toda nova tecnologia é abraçada (epa!) primeiro pela indústria pornô, gostem os moralistas ou não.

Ao tentar manter o iPhone um produto “família”, a Apple vai acabar promovendo alguma outra tecnologia mais liberal, e o Jobs ficará de iPod na mão. Enquanto isso nós ficamos com fama de fãs da empresa que não gosta de mulher.

Fonte: The Raw Feed

relacionados


Comentários