Meio Bit » Baú » Fotografia » Kodak abre processo por quebra de patentes

Kodak abre processo por quebra de patentes

20/11/2008 às 17:13

kodak abre processo contra quebra de patentes

A Kodak (Eastman Kodak Company) registrou nos tribunais dos Estados Unidos e na Comissão de Comércio internacional um processo por quebra de patentes de tecnologias fotográficas desenvolvidas para aparelhos celulares. Os alvos dos processos são a Samsung Eletronics e a LG Eletronics. Segundo a empresa americana, as duas companhias do ramo de eletrônicos em geral usaram, sem a devida permissão, soluções desenvolvidas pela Kodak voltadas para captura de imagens, compressão de dados e armazenamento. Os produtos que estariam usando indevidamente essas tecnologias são o Samsung Blackjack II e o LG Dare handsets.

Segundo a empresa americana, a Kodak investiu milhões de dólares em desenvolvimento de novas tecnologias sempre estando na vanguarda de novas descobertas e que conversações com as duas empresas se mostraram infrutíferas para chegar a um acordo. O processo visa defender o interesse dos acionistas e dos atuais licenciados da Kodak. Vele lembrar que a tecnologia da empresa é licenciada legalmente para Panasonic, Motorola, Nokia, Olympus, Sanyo, Sharp, Sony e Sony Ericsson.

Bem, ainda não temos comentários das duas empresas que foram acionadas, mas provar que a tecnologia foi usada sem o pagamento dos direitos devidos não deve ser muito complicado. O mercado de desenvolvimento de sensores e processadores na fotografia é um dos mais competitivos do mundo. Empresas como Canon, que trabalham em quase todas as partes do desenvolvimento de suas câmeras, defendem seus técnicos com unhas e dentes, sempre cobrindo propostas de outras empresas para não perder os funcionários qualificados. Empresas sem tradição em desenvolvimento acabam comprando a tecnologia ou copiando sem autorização. Como em todo caso de pirataria, é importante ficar de olho quando essas coisas acontecem.

relacionados


Comentários