Meio Bit » Baú » Hardware » Quanto menor, melhor?

Quanto menor, melhor?

19/11/2008 às 3:31

Há algum tempo, escrevi um artigo intitulado "Crise e Oportunidade". Seguindo meu próprio conselho, vasculhei as lojas virtuais à procura de um laptop para a namorada.

Requisitos: pequeno, leve, bonito e barato. Ah! E capaz de rodar o SQL Server, uma base de testes de um sistema ERP, além do MS Visual Studio. Fácil de achar, não é mesmo?

Como a crise econômica elevou os juros (e os preços), a coisa não parecia muito promissora. Mas como quem procura sempre acha, acabamos decidindo por um laptop da Toshiba (STI), modelo IS1253 D1587: Core Duo T2300 (1,66GHz), 2GB RAM DDR2 667, 120GB de HD SATA 5400 rpm, GPU Intel GMA950, tela de 12'' (1280 x 800 pixels)gravador de DVD, Fax/Modem, Wi-Fi, Ethernet, Express Card, 3 portas USB 2.0, leitor de cartões SD/MMC/Memory Stick, Windows Vista Home Premium e 1,85kg por R$ 2.200,00, em parcelas a perder de vista, sem juros.

Havia duas grande dúvidas: o desempenho do Core Duo de 1,66GHz e a "comodidade" de uma tela de 12 polegadas.

A primeira foi sanada rapidamente: para um laptop, o processador está de bom tamanho. Compactação de arquivos de áudio e vídeo, efeitos da interface "Aero" e o ato de assistir DVDs rodaram sem maiores problemas, nem "saltos". O portátil esquenta (quase a ponto de não ser possível deixá-lo sobre o colo) e a ventoinha faz um barulho irritante quando ligada (o que é intermitente), mas, no geral, o sistema agrada. Segundo o Windows Vista, bateu os 3,1 pontos.

Já o problema da tela é um pouco mais complicado. É inegável que é muito mais prático levá-lo de um lado a outro que um "trambolho" de 15,4'' e quase 3kg. Mas é difícil se acostumar a uma tela tão diminuta. As letras (apesar de bem legíveis, a qualidade da tela impressiona) me forçam a "espremer" os olhos ou aumentá-las.

Reparem as manchas de gordura... uma "skin" é altamente recomendável. Sob ele, um modelo Toshiba A205, de 15,4''.

O teclado também é menor, claro, mas a adaptação é mais fácil e rápida. As teclas são porosas, mas agradáveis. No entanto, é cansativo ficar horas digitando... um teclado USB ou Wireless é muito bem-vindo. Uma curiosidade: a entrada para fone de ouvido é iluminada por dentro, facilitando muito na hora de encaixar o plug no escuro.

Depois de duas semanas de uso, já decidi: para mim, nada abaixo de 14'' é aceitável. Pode ser bonitinho e leve, mas para trabalhar com desenvolvimento e navegar na Internet, nada melhor que uma tela grande e teclas mais espaçadas.

relacionados


Comentários