Meio Bit » Cultura » Virou Festa da Uva: Spotify também estaria desenvolvendo um alto-falante inteligente

Virou Festa da Uva: Spotify também estaria desenvolvendo um alto-falante inteligente

O Spotify também estaria interessado no mercado de alto-falantes espertos: vaga de emprego indica que serviço está desenvolvendo solução própria de modo a concorrer com Amazon Echo e Apple HomePod, entre outros.

2 anos e meio atrás

Ao que parece as principais empresas de tecnologia para o dia a dia estão de olho no mercado de dispositivos musicais para ambientes domésticos. Ainda que o Google Home não fosse originalmente voltado para esse fim, como muita gente o usava dessa forma o Google acabou lançando uma versão dedicada na esteira do Apple HomePod, que a maçã diz ser voltado principalmente para música e se convir, para controle dos gadgets na casa.

Na prática todo mundo está entrando nesse mercado, iniciado pela Amazon com o Echo em 2014. Até a Samsung está estudando um produto similar para seu assistente Bixby e há modelos de terceiros compatíveis com a Cortana, da Microsoft mas o consenso é que eles são voltados primariamente para o uso como estações para acomodar sua assistente pessoal, deixando-a ao alcance de mais pessoas. Só a Apple e o Google, por enquanto focam na reprodução de música, a primeira totalmente e a segunda meio que por acaso.

Agora uma terceira jogadora vai entrar nesse mercado, se os rumores se revelarem verdadeiros: de acordo com informações que circulam há algum tempo o Spotify, um dos principais serviços de streaming de música está cogitando produzir o seu próprio hardware, tendo citado o Echo como "categoria semelhante" à de seu provável produto, o que não quer dizer muita coisa visto que colocou até o Snap Spetacles no balaio.

Agora, o site Musically interceptou uma vaga de emprego no Spotify que busca um profissional para a criação específica de "seus primeiros produtos físicos", e como o HomePod só suporta o Apple Music nativamente por razões óbvias (é possível utiliza-lo via AirPlay, mas o processo é menos que ideal) e pelo desejo de concorrer diretamente com a Amazon, é provável que vejamos mais um alto-falante inteligente e o terceiro (na prática segundo, o suporte do Google Home Max se restringe ao hardware e o software é o mesmo em todas as versões) criado especificamente para reprodução de música com qualidade, e que por acaso poderá fazer outras coisas também.

A Apple, mesmo tendo chegado tarde na festa preferiu lançar um produto que se foca menos na parte inteligente e mais na música, e se o Spotify seguir a mesma lógica ele será um sério concorrente principalmente pelo primeiro dar preferência ao Apple Music, um serviço que muita gente não engoliu principalmente por não ter modalidade gratuita.

Claro, tudo pode não passar de rumores e especulações e é bom ficar com um pé atrás, mas que o Spotify anda considerando a ideia há algum tempo é fato.

Fonte: Musically.

relacionados


Comentários