Meio Bit » Games » Presidente diz que Square Enix não desistiu do single-player

Presidente diz que Square Enix não desistiu do single-player

Após declaração que dava a entender que a Square Enix poderia passar a se dedicar a jogos multiplayer e/ou com microtransações, CEO da empresa afirma que eles estão totalmente comprometidos com o single-player.

05/02/2018 às 15:32

deus-ex

Em setembro do ano passado Yosuke Matsuda fez uma declaração que deixou muitos fãs da Square Enix preocupados. De acordo com o CEO da editora, o tempo de jogos que tinham o single-player como parte principal havia ficado no passado e que por isso eles pretendiam apostar pesado no multiplayer e nos games como um serviço.

Com o debate sobre o fim do single-player tendo rondado a indústria nos últimos meses, o temor era de que a editora japonesa estivesse planejando enfiar multiplayer em tudo e/ou entupir seus títulos com microtransações, mas de acordo com Matsuda, não é bem assim.

Os jogos como serviço tem um significado bem amplo, pode significar muitas coisas [risos],” afirmou o executivo durante uma entrevista ao Metro. “Recentemente as pessoas tem discutido as loot boxes e como as pessoas não estão as usando corretamente. Acho que tudo está ligado a esta má percepção que as pessoas tem das palavras ‘jogos como serviço’. Mas realmente, da maneira como estamos olhando para isso, o que resume isso é… a ideia de manter as pessoas engajadas em nosso jogos e os aproveitando por períodos mais longos de tempo. Essa é a maneira como realmente olhamos para o problema.

Matsuda então disse que o que eles pretendem fazer é continuar lançando conteúdo para o jogo, fazendo com que ele se aproxime da experiência completa que idealizaram e assim fazendo com que um número maior de jogadores experimentem o título original. Para eles, esse seria o conceito de jogos como serviço.

Isso novamente me faz pensar na maneira como a Square Enix tem tratado o FInal Fantasy XV, título que foi lançado no final de 2016, mas que continua recebendo expansões e eventos bem interessantes. Se for assim, sou totalmente a favor dessa mudança de política, principalmente por achar que quanto maior for a vida útil de um game, melhor.

Por fim, também me agrada o trecho da entrevista onde o CEO afirma com todas as letras que a Square Enix quer continuar criando jogos single-player, pois mesmo gostando de um coop de vez em quando, acho que nunca deixarei de admirar um bom jogo que deve ser encarado sozinho.

relacionados


Comentários