Meio Bit » Baú » Áudio e vídeo » Fitas K7 batem recorde de venda

Fitas K7 batem recorde de venda

As fitas K7 estão de volta! Desde 2017 não se vendia tanta música no formato, que tem inúmeras desvantagens mas apela para uma das grandes forças da Humanidade: o Saudosismo.

07/01/2018 às 14:46

south-park-s20e01-member-berries_16x9

Existe todo um movimento saudosista na internet: o YouTube está cheio de ótimos canais de tecnologia antiga, como o Techmoan, o Retro Man Cave ou o Lazy Game Reviews e o 8-Bit Guy, essa turma mantém acesa a lembrança de tempos mais simples, onde homens eram homens e montavam seus próprios computadores. Mulheres também. Quer dizer, elas também montavam seus computadores, homens não montavam mulheres, por mais vezes que a gente assistisse Mulher Nota Mil anotando tudo que eles fizeram, mas divago.

Há uma indústria vintage que ainda hoje prensa LPs e produz álbuns em fitas K7, mas é um mercado minúsculo que se reduz a cada ano. Agora ele deu um belo salto. Em 2016 as vendas de música em K7 aumentaram 74%, e agora em 2017, subiram 35%. Vinil por sua vez representa 14% de todos os álbuns vendidos em mídia física. É o melhor número desde 2012.

O principal culpado disso tudo? James Gunn.

71t60t9hjl._sx450_

Guardiões da Galáxia não só teve trilhas lançadas em K7, como o Walkman do Starlord é parte importante dos dois filmes. Isso reforçou o saudosismo entre os fãs mais velhos, e atiçou a curiosidade dos mais novos, renovando a fanbase, o que é essencial.

Stranger Things também atraiu bastante gente para sua trilha vintage, e mesmo artistas modernos visionários e gênios mentalmente estáveis como Kanye West lançaram álbuns no formato, na última década.

Claro, isso não quer dizer que o K7 vai renascer das cinzas, o K7 é nicho dentro de nicho. Em 2017 foram vendidos 169 mil álbuns em K7, já em vinil foram 14,3 milhões.

O lado ruim disso tudo é que os equipamentos bons (antigos) estão cada vez mais caros e difíceis de achar e as porcarias chinesas feitas nas coxas, como essa abominação que tirou o 8-Bit Guy do sério:


The 8-Bit Guy — How NOT to create MP3 music from cassette (Feat. Techmoan)

Fonte: The Verge.

relacionados


Comentários