Meio Bit » Baú » Hardware » Qualcomm inicia os trabalhos do Snapdragon 845, seu próximo SoC topo de linha

Qualcomm inicia os trabalhos do Snapdragon 845, seu próximo SoC topo de linha

Site da Qualcomm já lista o Snapdragon 845, seu próximo SoC para smartphones premium; segundo informes ele será fabricado no processo de litografia de sete nanômetros.

08/05/2017 às 11:01

A Qualcomm está a todo vapor. Amanhã ela deverá apresentar os novos SoCs mid-high da série 600, a saber os modelos 660 (o sucessor do 652, que equipa alguns modelos premium mas não os mais potentes), 630 e 635 (destinados aos intermediários). O primeiro seria uma versão capada do topo de linha 835 enquanto os demais, atualizações do 625.

Só que a Qualcomm já está ao que tudo indica trabalhando em seu novo chip de ponta, voltado para os mais potentes Androids do mercado. O Snapdragon 845, que até então era meramente um rumor foi devidamente listado num dos sites oficiais da companhia, e algumas informações suculentas começaram a circular.

O site em questão é o CreatePoint, que exige login para acessar as informações mais importantes mas de qualquer forma os xeretas de plantão já conseguiram acessar a listagem de SoCs futuros a serem lançados pela Qualcomm; além dos já conhecidos 630 e 660, aparece também o Snapdragon 845 mas maiores informações acerca de suas capacidades ou data de lançamento não foram listadas.

Isso porque segundo rumores a Qualcomm irá forçar um pouco a barra com o 845, tencionando fabrica-lo num processo de litografia de apenas sete nanômetros. A saber o Snapdragon 835 foi impresso em 10 nanômetros, processo também empregado pela Samsung com sua linha Exynos e pela TSMC, que atualmente é a fabricante de processadores exclusiva da Apple para o iPhone e iPad. A IBM conseguiu atingir tal marca mas apelando para uma gambiarra, utilizando uma liga de silício e germânio e o pensamento geral é que miniaturizar os transístores além do processo de 10 nm é muito trabalhoso e consequentemente, muito caro.

Não que seja impossível: a Samsung declarou em ocasiões passadas ser capaz de produzir chips de cinco nanômetros e por ser parceira na pesquisa da IBM, não é tão difícil que ela consiga pelo menos atingir os 7 nm; como foi a empresa sul-coreana que fabricou o Snapdragon 820 e o 835 para a Qualcomm e fatalmente assumirá a tarefa mais uma vez há a possibilidade real de que ambas não estejam blefando, desde que os rumores acerca dessa afirmação sejam verdadeiros. O mais provável é que o 845 represente uma melhoria geral em performance e gerenciamento de energia, como é de costume a cada novo SoC introduzido pela Qualcomm. Mas ficaremos de olho de qualquer forma.

Fontes: WCCFTech e AndroidHeadlines.

relacionados


Comentários